Celebridades

Patrícia Abravanel tira o chapéu para Bolsonaro: 'Toda autoridade é colocada ali por Deus'

Herdeira de Silvio Santos participou do programa de Raul Gil neste sábado (10)

Patrícia Abravanel diz que seu filho e Tio Pato foram pés-quentes na vitória do São Paulo
Patrícia Abravanel diz que seu filho e Tio Pato foram pés-quentes na vitória do São Paulo - Fábio Guinalz/FramePhoto/Folhapress
São Paulo

Na semana da estreia de seu novo projeto no SBT, Patrícia Abravanel participou do quadro Pra Quem Você Tira o Chapéu, exibido no Programa Raul Gil deste sábado (10).

A apresentadora tirou o chapéu para personalidades como Ivete Sangalo, Anitta, Neymar e Mara Maravilha. Quando perguntada sobre o presidente Jair Bolsonaro, a herdeira de Silvio Santos foi incisiva.

“Ele é nosso presidente no poder. Toda autoridade é colocada ali por Deus. E a gente, como brasileiro, tem que torcer para que ele dê certo. Nós, como brasileiros, temos que orar para que ele tome boas decisões e seja brilhante nesse governo atual", disse, ao tirar o chapéu para o governante.

Patrícia se mostrou inserida nos assuntos sobre política. Ela é esposa do deputado federal Fabio Faria (PSD-RN), que é o terceiro secretário da Câmara na gestão de Rodrigo Maia. “O primeiro gol foi agora. A Previdência foi liberada. Eu sei que não é algo tão popular, mas pro Brasil vai ser bom e a gente depois vai ser grato”, opinou.

Patrícia declarou, ainda, que aprendeu com o pai a ser pró-governo. "Você sabe que o SBT é muito pró-governo. Independente do governante, a gente acredita que tem que estar apoiando", contou ao apresentador Raul Gil. "Apoiou Lula. Era Dilma, apoiou Dilma. Também apoiou o Temer. E se eles fizerem alguma coisa errada, é claro que a gente pode puxar a orelha. Mas a gente tem que ser pró-governo", completou. 

A apresentadora também foi só elogios a Anitta. Após tirar o chapéu para a cantora, contou sobre um episódio que passou com ela e que guarda com carinho.

"Eu queria muito que a Anitta fosse no Máquina da Fama, no final (do Teleton que a cantora participou) fui lá chamar ela para o programa. E ela falou assim: ‘No seu programa? Eu vou porque foi no seu programa, Cante Se Puder, a primeira vez que eu apareci na televisão’. Ela, no auge do sucesso, lembrou que a primeira oportunidade que teve na televisão foi no programa que eu apresentava, e em gratidão, mesmo com a agenda lotada, ela foi para o Máquina da Fama”, contou. 

Patrícia estreia seu novo programa, uma versão renovada do Topa Ou Não Topa, no próximo sábado (17). Com a primeira edição já gravada, a nova atração terá como desafio manter a boa audiência deixada pelo Programa da Maisa nas tardes de sábado, e de superar Raul Gil.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias