Celebridades

Ser casada com um ator poderoso me livrou do assédio', diz Nicole Kidman sobre Tom Cruise

Atriz será protagonista em um filme sobre assédio sexual

Nicole Kidman chega à pré-estreia do filme "Destroyer", durante o Festival de Filmes de Londres
Nicole Kidman chega à pré-estreia do filme "Destroyer", durante o Festival de Filmes de Londres - Simon Dawson/Reuters
São Paulo

Em entrevista à revista New York Magazine, a atriz Nicole Kidman, 51, revelou que o seu casamento com Tom Cruise, 56, a livrou de sofrer assédio em Hollywood.

"Eu me casei por amor, mas estar com um homem extremamente poderoso me livrou de assédio sexual", afirmou em entrevista. Kidman ficou casada por 11 anos com Cruise, e o casal se separou em 2001. Hoje, a atriz é casada com o músico Keith Urban, 50.

Kidman conta que, depois de separada de Cruise, ela passou por "momentos  #metoo", referindo-se ao movimento que uniu atrizes em um esforço para denunciar assédios sofridos ao longo de suas carreiras.

Sem dar muitos detalhes, na entrevista, ela afirma que esses casos de assédio ocorreram sim durante seus trabalhos como atriz. 

O assunto veio à tona já que a atriz foi escalada para um filme em que interpretará a jornalista Gretchen Carlson, que denunciou casos de assédio que ocorriam na Fox News. O fundador e presidente do canal Roger Ailes foi processado por ela, em 2016. 

Durante uma entrevista no Festival de Filmes de Londres, na pré-estreia do longa "Destroyer", ela disse que estar neste longa é uma oportunidade de levantar mais uma vez essa questão e, assim, proteger as mulheres e jovens atrizes.

Há rumores de que Kidman e Cruise se separaram após o seu envolvimento com a cientologia, religião que sempre apoiou, mas a atriz nunca confirmou o real motivo da separação. “Agora sou casada com um homem que é meu amor verdadeiro”, disse. 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias