Renato Kramer

'Eu fui a mediadora do primeiro debate presidencial do Brasil', diz Marília Gabriela

"Você é a jornalista que fez as entrevistas mais importantes da televisão brasileira", elogiou o apresentador a sua convidada Marília Gabriela no seu "Programa do Jô" (Globo) desta quinta-feira (31).

E citou como exemplo o fato de Gabi ter conseguido entrevistar o chefe de Estado da Líbia, Muammar Gadaffi (1969-2011): "Você entrou na tenda e entrevistou o Gadaffi. Na época, todo o mundo ficou assim absurdado, porque era muito difícil", observou Jô. "Muito obrigada", agradeceu Marília.

E Jô acrescentou: "Você fez entrevistas históricas e, mais do que isso, foi mediadora de várias mesas políticas de candidatos à Presidência da República. Você teve o privilégio de estar ao lado do (Leonel) Brizola (1922-2004) e do outro lado do (Paulo Salim) Maluf. Imagina que bênção ter podido fazer isso?", comentou o apresentador.

"Eu fui a mediadora do primeiro debate presidencial do Brasil", lembrou a jornalista. "Quem estava?", quis saber Jô. "Todos", brincou Gabi. E citou: "Tinha Mário Covas (1930-2001), Brizola, Lula, Ronaldo Caiado, Aureliano Chaves (1929-2003), que aliás me deu uma dura uma hora", declarou Marília. "O Aureliano?". "Ah, eles me davam muita dura".

Gabi confidenciou que nos intervalos dos debates políticos por vezes chorava e queixava-se para o diretor de jornalismo da Band, Fernando Mitre: "Eu não quero mais, eu não ganho pra isso". "Eu ficava te vendo com uma certa inveja", confessou o apresentador. "Mas você fez uma coisa maravilhosa que está na parede da minha casa", ressaltou Gabi. "Sim, uma charge na 'Veja'", lembrou Jô. "Que era eu mediando a Santa Ceia", contou a jornalista.

"Eu levei alguns anos para perceber a importância daquilo tudo", confessou Gabi. Jô quis saber, então, se alguma vez a jornalista fora chamada para participar ativamente da vida política. "Há muito tempo me convidaram para ser senadora. Não me pergunte o partido que eu não vou lembrar. Mas eu disse não, absolutamente, eu nunca pretendi isso para mim. O meu papel é outro. Fiquei surpresíssima. Achei aquilo leviano", declarou Gabi.

Para encerrar, Marília Gabriela anunciou que foi convidada pela direção do Canal Viva para fazer dez novas edições do "TV Mulher". "Daquele antigo 'TV Mulher' (Globo, 1980-1986) só a antiga apresentadora", comentou Gabi. "Então seria contextualizar o 'TV Mulher' nos dias de hoje. O que é o 'ser feminino' hoje. A gente vai gravar no final de maio para botar no ar em junho próximo".

 
<> Galeria
Marília Gabriela
Marília Gabriela
Veja as fotos da apresentadora Marília Gabriela

 

 

Renato Kramer

Natural de Porto Alegre, Renato Kramer formou-se em Estudos Sociais pela PUC/RS. Começou a fazer teatro ainda no sul. Em São Paulo, formou-se como ator na Escola de Arte Dramática (USP). Escreveu, dirigiu e atuou em diversos espetáculos teatrais. Já assinou a coluna "Antena", na "Contigo!", e fez críticas teatrais para o "Jornal da Tarde" e para a rádio Eldorado AM. Na Folha, colaborou com a "Ilustrada" antes de se tornar colunista do site "F5"

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias