Renato Kramer

'Criei uma Joaquina de carne e osso', diz autor sobre protagonista de 'Liberdade, Liberdade'

"A nossa história é um encontro da realidade com a ficção", disse a atriz Andreia Horta sobre a nova novela das onze da Globo, "Liberdade, Liberdade", em rápida entrevista ao "Fantástico" deste domingo (10).

Andreia viverá Joaquina, a filha de Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes: "Ela assiste à morte do pai e é adotada por um minerador que fazia parte da Inconfidência na época", conta a atriz. "A Inconfidência foi uma conspiração fracassada contra a coroa portuguesa", explica Tadeu Schmidt.

Na trama, depois de assistir ao enforcamento do pai, Joaquina é levada para a Europa e só retorna ao Brasil 20 anos depois, junto com a família real portuguesa.

"Ela chega aqui e se dá conta da situação política, econômica e social do país naquele momento e começa a desejar profundamente que o Brasil se torne um país independente da coroa", explica Horta.

<> Galeria
Andréia Horta
Andréia Horta
Veja imagens da atriz Andréia Horta

"Eu criei uma Joaquina de carne e osso, que na primeira fase é encarnada pela Mel Maia e depois pela Andreia Horta", explica o autor Mário Teixeira. "De carne e osso mas inspirada no sonho que ela tinha de independência do Brasil", conclui.

"É uma heroína que a gente vai ver aí?", pergunta Tadeu. "É uma heroína, e isso é muito excitante!", solta Andreia com animação. "Uma heroína é uma pessoa que tem valores muito altos, é muito íntegra e faz o que deve ser feito", observa a atriz.

"Realmente eu sou descendente de Tiradentes", afirma o ator Tarcísio Meira numa participação relâmpago. "A mãe de Tiradentes inclusive tem o sobrenome da família do meu pai: Pereira de Magalhães. Eu acho exemplar, eu admiro muito a figura de Tiradentes. Ele era o único que queria a liberdade pela fome de liberdade", conclui o astro.

A estreia de "Liberdade, Liberdade", livremente inspirada no livro "Joaquina, a Filha do Tiradentes" (Maria José de Queiroz), sob a direção de Vinicius Coimbra, será nesta segunda (11).

<> Galeria
Liberdade, Liberdade
Liberdade, Liberdade
Liberdade, Liberdade

 

Renato Kramer

Natural de Porto Alegre, Renato Kramer formou-se em Estudos Sociais pela PUC/RS. Começou a fazer teatro ainda no sul. Em São Paulo, formou-se como ator na Escola de Arte Dramática (USP). Escreveu, dirigiu e atuou em diversos espetáculos teatrais. Já assinou a coluna "Antena", na "Contigo!", e fez críticas teatrais para o "Jornal da Tarde" e para a rádio Eldorado AM. Na Folha, colaborou com a "Ilustrada" antes de se tornar colunista do site "F5"

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias