Renato Kramer

'Meu sonho é tornar 18 de dezembro o dia da solidariedade baiana', diz Ivete Sangalo

"Esse show é uma conquista da solidariedade, do amor —às vésperas de uma festa tão importante que é o Natal", declarou a cantora Ivete Sangalo logo após encerrar o show beneficente que realizou na Arena Fonte Nova, em Salvador, na última sexta-feira (18).

"A gente se depara com o que move a gente nessa festa, que é a solidariedade, o sentimento de irmandade", acrescenta Ivete. "A palavra de ordem é respeito. A gente precisa respeitar o outro", diz a cantora ao receber os seus convidados: Preta Gil, Carlinhos Brown e Claudia Leitte.

"Eu os escolhi pelo amor, por compartilharmos tanto amor, essas figuras que eu quero tanto bem", confidenciou Sangalo. "O meu sonho é que essa data, 18 de dezembro, se torne o dia da solidariedade baiana. Eu fiz esse show, mas outros tantos artistas poderão fazer e estaremos aqui todos apoiando. Eu vou organizar bem lindo para, no ano que vem, a gente fazer tudo de novo", promete a rainha do axé.

A cantora agradeceu muito à transmissão ao vivo do canal Multishow: "Isso traz um institucional para o Hospital Martagão Gesteira que é muito importante. Porque a gente fez essa festa, mas a luta não para. O hospital recebe crianças gratuitamente para tratamentos que às vezes duram a vida inteira. E muita pesquisa, enfim: é dia a dia. Mas conseguimos uma grande vitória hoje", comemora.

Ao lado de Brown, Leitte, Preta e da Orquestra Juvenil da Bahia, Ivete Sangalo homenageou os conterrâneos Caetano Veloso e Gilberto Gil que estão completando 50 anos de carreira. A grande cantora, rainha da simpatia e exemplo de cidadania, juntou seus convidados para enviar em coro um "Feliz Natal, Brasil!".

Renato Kramer

Natural de Porto Alegre, Renato Kramer formou-se em Estudos Sociais pela PUC/RS. Começou a fazer teatro ainda no sul. Em São Paulo, formou-se como ator na Escola de Arte Dramática (USP). Escreveu, dirigiu e atuou em diversos espetáculos teatrais. Já assinou a coluna "Antena", na "Contigo!", e fez críticas teatrais para o "Jornal da Tarde" e para a rádio Eldorado AM. Na Folha, colaborou com a "Ilustrada" antes de se tornar colunista do site "F5"

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias