Você viu?

Pai causa incêndio florestal em evento para revelar sexo de bebê nos EUA

Desastre consumiu 20 mil hectares de área verde; bombeiros levaram uma semana para conter fogo

Momento em que evento para revelar sexo de bebê gera incêndio florestal em Green Valley, no Arizona
Momento em que evento para revelar sexo de bebê gera incêndio florestal em Green Valley, no Arizona - AFP

Los Angeles

Menino ou menina? Um homem causou um incêndio florestal no Estado norte-americano do Arizona  durante a tentativa de revelar o sexo do seu futuro bebê.

Festas deste tipo são cada vez mais populares, mas, neste caso, o futuro pai decidiu fazê-lo de forma bastante infeliz, ao disparar em um alvo que continha as palavras "menino" e "menina".

A agência florestal dos Estados Unidos revelou nesta semana o vídeo que mostra o momento em que se inicia o fogo que consumiu quase 20 mil hectares em abril de 2017.

O alvo estava localizado em um campo cheio de matagal. Dickey disparou, gerando primeiro uma explosão de confete azul que rapidamente se converteu em chamas.

As autoridades disseram que Dickey, um agente de patrulha fronteiriça, usou uma substância altamente explosiva.

Dickey se declarou culpado pelo ocorrido e foi condenado a cinco anos em liberdade condicional e ordenado a pagar uma multa de US$ 8,2 milhões (aproximadamente R$ 31,73 milhões). 

Ao juiz, ele disse se tratar de um "completo acidente". Assim que o fogo começou, Dickey alertou os bombeiros, que precisaram de uma semana para controlar as chamas.

Nesta popular tradição, alguns futuros pais batem em uma bola de golfe que explode em rosa ou azul, ou cortam um bolo cujo recheio é da cor representativa do gênero, ou brindam com bebidas coloridas.

AFP
Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem