Você viu?

Pesquisador russo esfaqueia colega em base na Antártica, diz agência

Incidente teria ocorrido durante um colapso emocional, diz Interfax

Igreja ortodoxa russa na Estação Bellingshausen, na Antártica - Vanderlei Almeida-11.mar.2014/AFP

Moscou

Um pesquisador da estação russa de pesquisa na Antártica esfaqueou um colega em um aparente colapso emocional, informou a agência Interfax.

O incidente ocorreu no último dia 9, na cantina da estação.

O pesquisador ferido foi levado a um hospital no Chile. Já o autor do ataque se entregou voluntariamente ao chefe da Estação Bellingshausen e foi colocado sob prisão domiciliar.

Segundo a agência, o incidente foi resultado de "tensões em um espaço confinado".

As autoridades russas não comentaram o incidente.

A Estação Bellingshausen foi fundada em 1968 pela União Soviética e seu nome é homenagem ao russo que explorou a região no século 19.

Placas mostram distância até diferentes cidades do mundo a partir da Estação Bellingshausen, na Antártica - Vanderlei Almeida-11.mar.2014/AFP
 
Associated Press
Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem