Você viu?

Jovem tatua carta escrita pela avó que está se alfabetizando e conquista web

História mexeu com as pessoas e rendeu 40 mil curtidas no Twitter

Jovem faz tatuagem para homenagear a avó
Jovem faz tatuagem para homenagear a avó - Reprodução

Gustavo Frank
São Paulo

​​Marcella Martins, 19, movimentou o Twitter ao mostrar uma tatuagem que fez no braço em homenagem à avó Gelsa Martins, de 73 anos. A tatuagem, postada na rede social, já ganhou mais de 40 mil curtidas, e reproduz uma cartinha que foi escrita para a estudante de jornalismo de Niterói (RJ): “Minha neta, eu te amo muito. Vó Gelsa”.

"A ideia da tatuagem surgiu porque minha mãe estava operada e minha avó veio para minha casa para ficar comigo. Aí eu falei: ‘vó, escreve uma coisa que você gostaria de falar para mim.’ Então ela fez essa cartinha, foi lindo. Enquanto escrevia ela ia lendo junto aos pouquinhos para juntar as sílabas. No dia seguinte já tatuei e liguei para ela. Ela estava muito feliz e me disse que adorou. Falei para ela que teve uma repercussão muito grande e ela ficou feliz pelos comentários. Ficou emocionada e até chorou”, conta.

 

A avó começou a se alfabetizar recentemente, já que começou a trabalhar cedo para poder sustentar a família e cuidar dos irmãos. “Ela começou a trabalhar com 12 anos. Então, não, ela não teve a oportunidade de estudar, mas sempre teve vontade de aprender a ler e escrever. Aí ela entrou numa escola perto da casa dela, em São Gonçalo”, relembra.

Os estudos foram interrompidos em decorrência de um câncer no pulmão. “Foi muito ruim para a família, porque ela tinha parado de fumar, uma decisão dela, havia uns seis meses. E do nada descobriu esse câncer."

Um dos momentos mais marcantes citados por Marcella foi durante a quimioterapia: “Ela ficou o tratamento inteiro na minha casa e eu sempre fui muito apegada a ela, que ajudou a me criar. Uma cena que mexeu comigo foi quando minha mãe raspou o cabelo dela. Eu olhei para a minha mãe e ela estava sendo muito forte. A gente não podia demonstrar fraqueza ou tristeza, porque abalaria ainda mais a minha avó."

UOL
Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem