BBB20

BBB 20: Manu Gavassi vira o jogo e supera Prior em Paredão com mais 1,5 bilhão de votos

Mari Gonzalez, que também disputava a permanência, teve menos de 1% dos votos

A cantora Manu Gavassi
A cantora Manu Gavassi - Victor Pollak/Globo
São Paulo

O arquiteto Felipe Prior foi o eliminado do BBB 20 em Paredão que contou com mais de 1,5 bilhões de votos. Em disputa acirrada, ele deixa a competição com 56,73% dos votos contra 42,51% de Manu Gavassi. Mari teve apenas 0,76% dos votos.

Foram tantos votos que o próprio Tiago Leifert pediu para que as pessoas tivessem calma na hora de votar. O sistema ficou instável em vários momentos ao longo do dia, principalmente durante a exibição do programa causado pelo excesso de votos. Foram exatos 1.532.944.337 votos, histórico no BBB.

Na hora da despedida, Prior evitou dar abraços longos e quase não se despediu de Babu, seu amigo, mas com quem brigou nos últimos dias. O ator ficou chorando e foi consolado por Manu Gavassi e Mari Gonzalez, que disputaram Paredão com Felipe Prior.

Leifert comentou com Prior que ele havia recebido muito apoio de vários jogadores de futebol, entre eles Neymar, e o arquiteto aproveitou para mandar um abraço ao atacante do PSG. “De início os fatos que ocorreram me desestabilizaram. Foi meio que u renascimento, mas eu estava esgotado. Via muita demagogia nas pessoas”, disse o brother.

Ele também afirmou que talvez tenha se prejudicado ao tentar proteger Babu. “Acredito em Deus e o que ele reservou para mim esta bom.”

Desde a abertura da votação, várias enquetes de sites de notícias mostravam a saída de Manu Gavassi, inclusive quando o programaa começou a ser exibido na Globo. Enquete do F5 apontava saída da cantora.

​TORCIDAS EM MASSA

Esse paredão mexeu com os participantes da casa e com suas torcidas do lado de fora da casa. Nomes como o da cantora Zélia Duncan, o da atriz Marina Ruy Barbosa e do jogador de futebol Gabriel Barbosa, o Gabigol, já declararam suas torcidas.

Bruna Marquezine, amiga pessoal de Manu, não demorou a usar a hashtag #ForaPrior, seguida por Agatha Moreira, Bruno Gagliasso. Já os jogadores Gabigol e Richarlison foram de #ForaManu.

Neymar, ex de Marquezine, também manifestou, inicialmente, a sua torcida para Prior. Horas depois, porém, o jogador brasileiro parece ter voltado atrás da sua decisão. Em publicação no Twitter, ele escreveu que deseja ambos na final do BBB 20: "Fica Prior e fica Manu ... depois do movimento, os dois tem que ir até a final. Fogo no Parquinho", escreveu.

O fato de o ex-casal estar em lados opostos é um dos assuntos mais comentados na internet. Segundo levantamento feito pela Stilingue, empresa de monitoramento de redes sociais, entre domingo (29) e esta segunda (30) foram mais de 4.900 menções em português relativas à "Neymar e Prior".

Já sobre "Neymar e quarentena" foram 425 menções, de acordo com a empresa. Na última semana, o jogador gerou polêmicas e críticas ao publicar uma foto jogando futevôlei com amigos, o que indicaria que ele não estava cumprindo o isolamento social recomendado pelos especialistas para conter o novo coronavírus no Brasil. Em nota, o craque disse que os amigos já estavam em quarentena com ele.

RACISMO

Citada por comentário racista, a participante do BBB 20, Thelma Assis, 35, deverá travar na Justiça um processo contra o empresário Rodrigo Branco. Em live pelas redes sociais, ele disse que “torcer por Thelma é racismo”, e que sua torcida existe apenas porque “ela é negra coitada”.

Nesta terça-feira (31), a família da participante declarou que buscará os direitos da médica por causa do episódio. “A respeito do conteúdo de uma live, feita ontem, amplamente divulgada nas redes sociais e meios de comunicação, estamos adotando as providências cabíveis na defesa dos interesses da Thelma e da população negra brasileira”, escreveu quem cuida das redes sociais dela.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem