BBB20

BBB 20: Saída de Prior faz público comemorar nas sacadas com gritos de 'Fora, Bolsonaro'

Brother perdeu disputa contra Manu Gavassi

Felipe Prior é o líder da semana
Felipe Prior em momento do BBB 20 - Divulgação
São Paulo

A eliminação de Felipe Prior na noite de terça-feira (31) foi comemorada em prédios espalhados pela capital paulista.

Tal qual torcida organizada, assim que a eliminação do arquiteto foi divulgada por Tiago Leifert, pessoas saíram às janelas e sacadas para celebrar. Foram mais de 1,5 bilhões de votos.

“Fora, Prior”, gritavam as pessoas. Também aproveitavam para gritar: “Fora, Bolsonaro”.

Os gritos fazem sentido, já que Eduardo Bolsonaro, filho de Jair Bolsonaro, se posicionou a favor de Felipe Prior no paredão.

Gritos como esses foram ouvidos em bairros paulistanos como Interlagos, centro, Jabaquara, Bela Vista e Mooca.

O paredão fez história no BBB e mexeu com os participantes da casa e com suas torcidas do lado de fora da casa. Nomes como o da cantora Zélia Duncan, o da atriz Marina Ruy Barbosa e do jogador de futebol Gabriel Barbosa, o Gabigol, já declararam suas torcidas.

Bruna Marquezine, amiga pessoal de Manu, não demorou a usar a hashtag #ForaPrior, seguida por Agatha Moreira, Bruno Gagliasso. Já os jogadores Gabigol e Richarlison foram de #ForaManu.

Neymar, ex de Marquezine, também manifestou, inicialmente, a sua torcida para Prior. Horas depois, porém, o jogador brasileiro parece ter voltado atrás da sua decisão. Em publicação no Twitter, ele escreveu que deseja ambos na final do BBB 20: "Fica Prior e fica Manu ... depois do movimento, os dois tem que ir até a final. Fogo no Parquinho", escreveu.

O fato de o ex-casal estar em lados opostos é um dos assuntos mais comentados na internet. Segundo levantamento feito pela Stilingue, empresa de monitoramento de redes sociais, entre domingo (29) e esta segunda (30) foram mais de 4.900 menções em português relativas à "Neymar e Prior".

Já sobre "Neymar e quarentena" foram 425 menções, de acordo com a empresa. Na última semana, o jogador gerou polêmicas e críticas ao publicar uma foto jogando futevôlei com amigos, o que indicaria que ele não estava cumprindo o isolamento social recomendado pelos especialistas para conter o novo coronavírus no Brasil. Em nota, o craque disse que os amigos já estavam em quarentena com ele.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem