Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Televisão

Maurício Meirelles procura idosa para ser sua assistente de palco

Humorista lança concurso voltado para mulheres com mais de 65 anos

Maurício Meirelles entrevista candidata a assistente de palco
Maurício Meirelles entrevista candidata a assistente de palco - Divulgação
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Desde os tempos de Chacrinha (1917-1988), as assistentes de palco dos programas brasileiros costumam ser jovens mais conhecidas pelos atributos físicos. Porém, Maurício Meirelles, 37, está lançando um concurso que promete mudar essa imagem.

O humorista quer contratar uma mulher com mais de 65 anos para exercer essa função no Foi Mau, programa que ele comanda às segundas-feiras na RedeTV!. No palco, ele vai avaliar uma candidata — escolhidas através de vídeos nas redes sociais— por semana. A seletiva já começou.

"Enquanto pessoas mais velhas sofrem preconceito no mercado de trabalho, nosso programa quer ir na contramão", afirma. "Estamos recebendo uma porrada de vídeos maravilhosos de senhorinhas super animadas em participar do programa."

A ideia é contratar uma "senhora espirituosa" e que "sonhe em trabalhar na televisão". De acordo com o material de divulgação, a função da escolhida será servir como uma espécie de Ombudsman, contribuindo com a curadoria do conteúdo que vai ao ar.

Meirelles, que tem mais de 6 milhões de seguidores na internet, é sucesso com o público jovem, mas diz acreditar que o público da terceira idade também se diverte com seus conteúdos. Desse modo, vê o concurso como uma forma de representar essa parcela do público em seu programa.

"A terceira idade merece espaço na mídia, certamente o público vai se identificar e se divertir também", diz. "Sem falar que é uma chance para minha tia Dulce conseguir uma atividade e parar de disparar fake news na internet (risos)."

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem