Televisão

Pausa de 'Amor Sem Igual' vai deixar público com gosto de quero mais, diz Day Mesquita

Trama será subsbtituída por 'Apocalipse' a partir da próxima terça (21)

Day Mesquita interpreta Poderosa em

Day Mesquita interpreta Poderosa em "Amor Sem Igual", novela da Record Antônio Chahestian/ Record TV

São Paulo

Frente à pandemia do novo coronavírus, as emissoras suspenderam as gravações de seus programas. A Record paralisou as filmagens de "Amor Sem Igual", nos estúdios Casablanca, há algumas semanas. Com isso, a trama das 20h30 da emissora vai parar no capítulo da próxima segunda-feira (20), quando será substituída por "Apocalipse" (2017-2018), sem data prevista de retorno.

Para a protagonista da trama, Day Mesquita, 34, a decisão da Record foi coerente e a "melhor medida a ser tomada pelo bem de todos". Mas segundo a atriz, a pausa do folhetim vai se igualar a um final de temporada de série para os telespectadores. "Vai deixar o publico com gostinho de quero mais. Para em um momento de muitos acontecimentos, o público vai ficar ansioso", diz Mesquista, em entrevista ao F5.

A principal revelação é a descoberta de que Poderosa (Day Mesquita) é a filha bastarda de Ramiro (Juan Alba). A atriz afirma que muitas reviravoltas vão acontecer ainda. Não é por menos que no último capítulo antes da pausa, terá confusão, brigas e até mesmo tiros.

A Record não informou quanto tempo a substitúta "Apocalipse", escrita por Vivian de Oliveira, vai ocupar o o horário de "Amor Sem Igual". Day Mesquita diz que a escoha da emissora foi acertada, já que irá manter uma história contemporânea na faixa das 20h30. "Acho muito bacana ter uma trama do mesmo segmento. Apesar de se tratar de uma história bíblica, a trama se passa nos dias de hoje."

Com "Apocalipse", a Record espera manter o bom desempenho de audiência da antecessora. "Amor Sem Igual" registrou 8 pontos de média, com pico de 10 pontos e 10% de share, segundo dados do PNT (Painel Nacional de TV) do Kantar Ibope, divulgados pela emissora, na última quarta (15). Cada ponto equivale a 260.558 domicílios.

Com mais tempo para estudar sobre a personagem, Day Mesquita aproveita o momento de pausa como reflexão. "Continuo fazendo meu trabalho, e agora melhor, porque consigo aprofundar um pouco mais. Tenho um tempo maior para ler, estudar, decorar, e nesse ponto tem sido positivo."

Juan Alba, 55, afirma que tem procurado se adaptar ao novo estilo de vida. "A gente tem que se adaptar, e como ator acho que também é uma forma de criar uma rotina. O que nos deixa mais intrigado é não saber como nem quando vamos voltar, como vai ser esse novo universo", diz o intérprete de Ramiro.

Como lado positivo de estarem em casa, os atores afirmam que acompanharam a exibição da novela durante as últimas semanas. "Durante as gravações era difícil de assistir a novela com calma. Também estou podendo acompanhar melhor o que as pessoas estão falando através das redes sociais", conta Mesquita. "Talvez seja um dos trabalhos que me dá mais vontade de acompanhar", diz Alba.

Contente com a repercussão da novela, que tem atingido um novo patamar, na opinião de Juan Alba, o ator faz questão de ressaltar sua felicidade em participar da obra contemporânea. "Ramiro é um presente pra mim. Sempre quando eu leio me surpreendo com as coisas, porque nunca existe um caminho comum."

O mesmo, por coincidência, é sentido por Day Mesquita, que vive a garota de programa Poderosa. "Eu acho ela muito maravilhosa. Ela está se descobrindo uma nova Poderosa depois que conheceu Miguel [Rafael Sardão]. A cada capítulo me surpreendo mais com ela, não só pelas coisas que ela fala e faz mas também pela forma verdadeira e espontânea. Eu rio, choro sozinha lendo capítulos."

Com o enredo principal ambientado em São Paulo, "Amor Sem Igual" aborda questões polêmicas como disputas de poder, desigualdade social, assédio sexual e prostituição, o que para Alba, é um grande diferencial que tem feito sucesso na grade da Record. "São coisas bem atuais e temas delicados. Uma das coisas que eu tenho curtido da novela é que nada é muito obscuro, tudo é escancarado."

Day Mesquita afirma que o rumo da trama escrita por Cristianne Fridman não sofrerá mudanças radicais com a paralisação, feita para conter a disseminação da Covid-19. "Falta muito pouco para terminar de ler a história e gravar. Então essa pausa não me preocupou nesse sentido. A gente estava muito à frente", explica a atriz, que tem recebido os capítulos em casa.

Saiba como será o capítulo de segunda.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem