Televisão

Juan Alba define seu personagem como 'machista e preconceituoso' em 'Amor Sem Igual'

Ator interpreta o empresário Ramiro na trama da Record

Juan Alba
Juan Alba na coletiva da novela 'Amor sem Igual' nos Estudios Casablanca - Rogerio Fidalgo/AgNews
São Paulo

Juan Alba, 54, não nega a complexidade do seu personagem Ramiro em "Amor Sem Igual" (Record). Nesta semana, Ramiro descobriu que o filho, Tobias (Thiago Rodrigues), é namorado de Donatella (Stephany Brito), garota de programa do Mademoiselle Olympia Night Club que o milionário quase levou para cama. 

Ramiro diz que Tobias precisa escolher entre a prostituta e os negócios da família. No capítulo desta segunda (13), Tobias chama Donatella para conversar, enquanto o pai obrigada Fernanda (Barbara França) a trabalhar na agência esportiva com a condição de empregar Beto (Pedro Nercessian). Agora, Tobias terá que dividir a direção da empresa com irmã. 

Apesar do tom rude de seu personagem, Alba não o define como vilão principal do folhetim. "Tobias é o verdadeiro vilão. E ele [Ramiro] tenta fazer com que o filho seja correto, mas não consegue", disse o ator, que também acredita no lado amoroso de Ramiro.

"Ele quer preservar essa família, é uma pessoa muito solitária. O Ramiro tem uma complexidade. Com ele nada é muito o que parece ser. Ele é muito machista e muito preconceituoso", afirma Alba.

Para o ator, trazer à tona essa discussão sobre preconceito é de extrema importância nos dias de hoje. "Falar sobre a diferença social que existe no nosso país, e é cada vez mais evidente, e também a polarização que está havendo."

Na trama escrita por Cristianne Fridman, a protagonista Poderosa, vivida por Day Mesquita, é a filha renegada de Ramiro. "Ele perdeu a mulher e teve uma amante fora do casamento, que gerou Angélica [Poderosa]. Antes mesmo de a amante engravidar, ele dizia que não assumiria um filho. O que ele fala ele cumpre, que seja para o bem ou para o mal."

Juan Alba também revela que em certo momento o ego do empresário será fragilizado por problemas de saúde. "De uma hora para outra, ele vai precisar de um transplante e a sua última esperança é a filha que ele sempre renegou, e acha que está morta. Os outros dois filhos, Tobias e Fernanda, não serão compatíveis.

O ator faz questão de agradecer a oportunidade de viver um personagem com "tantas complexidades". "Para mim é um presente fazer um personagem como esse, que tem tantas nuances. Ele também tem um lado super-bacana, já que revela novos jogadores de futebol na empresa Bras Esportes, que normalmente são garotos de famílias humildes. Ele transforma essas vidas."  ​

Para Alba, não só Ramiro mas como também outros personagens trazem "uma discussão saudável pro momento que estamos vivendo", como define o artista. 

Com uma longa história de trabalhos na Record, Juan Alba fez a novela bíblica "Jezabel" em 2019, em que interpretou Obadias. Entre 2009 e 2014, o ator participou de "Os Mutantes: Caminhos do Coração", "Mutantes: Promessas de Amor", "O Preço Certo", "A História de Ester," "Rebelde", "Dona Xepa", e "Milagres de Jesus e Plano Alto". 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem