Televisão

Glamour Garcia é primeira trans a receber Troféu Domingão: 'Esse prêmio contempla minha trajetória'

A intérprete de Britney, de "A Dona do Pedaço", ganhou o troféu da categoria atriz revelação

Atriz Glamour Garcia está olhando para frente fazendo biquinho. Ela usa vestido de gala verde musgo e colar de miçangas verde
Glamour Garcia - Estevam Avellar/Globo
Rio de Janeiro

Glamour Garcia, 31, foi um dos destaques do Troféu Domingão - Melhores do Ano 2019, que aconteceu na noite deste domingo (15) durante o Domingão do Faustão (Globo). A intérprete de Britney, de "A Dona do Pedaço", ganhou o troféu da categoria atriz revelação, disputado com Carol Garcia, 29, e Nany People, 54.

"Queria honestamente agradecer a Nossa Senhora Aparecida. Sempre tive muita fé e essa luz me trouxe aqui até hoje”, disse a atriz ao F5. “Agradeço também a todas as artistas trans que vieram antes de mim, porque elas abriram espaço.”

Com lágrimas nos olhos, Glamour confessou ter dificuldade para encontrar palavras que definissem seu sentimento ao receber o troféu. "É uma alegria imensa ter dividido meu trabalho da melhor forma possível. Deus sabe o presente que foi fazer a Britney esse ano. Fui tratada como uma rainha pela Globo e agora estou sendo coroada com essa premiação. Sou uma jovem vaidosa, mas esse prêmio não contempla só a minha vaidade, e sim a minha trajetória. Tenho a imensa honra de dividir essa alegria com toda a população trans e LGBTQ+."

Britney marcou a estreia de Glamour Garcia na TV. A funcionária da Bolos da Paz se casou com Abel (Pedro Carvalho) na reta final de "A Dona do Pedaço". “Querendo ou não, faço parte da história da TV com um dos beijos mais lindos das telinhas. Foi muito especial e repercutiu de forma linda. O público teve carinho, gentileza e humanidade. Esse foi um grande momento da personagem.”

Juliana Paes, 40, protagonista da trama de Walcyr Carrasco, também levou um título para casa. Ela venceu Alice Wegmann, 24, e Grazi Massafera, 37, na categoria atriz de novela e fez questão de levar as colegas de profissão ao palco para receber o troféu junto com ela. “Quando você ganha é como se fosse a cereja do bolo, sem querer fazer trocadilho [risos]”, disse a atriz.

Paes já havia sido indicada para a premiação em 2009 por Maya, protagonista de “Caminho das Índias”, e em 2018 por Bibi Perigosa, que roubou a cena em “A Força do Querer”. Nas duas ocasiões, ela foi para casa com as mãos vazias.

“Nosso grande troféu, na verdade, é o reconhecimento do público. Quando você ganha um prêmio é a materialização desse sucesso. É muito gostoso levar esse troféu para casa (...) Nessa profissão temos que ser perseverantes e sabermos lidar com a frustração. No começo da carreira, tive que lidar com as pessoas desacreditando de mim, mas o mesmo tanto que machuca é o tanto que nos empurra para frente”, afirma.

A atriz agradece a todos os seus colegas de trabalho, desde o autor até as camareiras. “Sempre agradeço a todo mundo. Às vezes, quando a gente estava muito cansado, era a camareira que falava que a gente ia aguentar, era alguém fazendo nosso cabelo e elogiando a cena, o câmera dando um olhar de aprovação... Tudo isso resulta nesse troféu. Sou muito grata a essas pessoas e ao meu marido”, afirmou a atriz, que pretende ficar um ano de férias da televisão.

O ator Sergio Guizé, 39, que interpretou o matador Chiclete em “A Dona do Pedaço”, ganhou pela terceira vez o troféu Melhores do Ano, desta vez na categoria ator coadjuvante. Ele dedicou o prêmio a Walcyr Carrasco, autor da trama, à diretora Amora Mautner e a todos do elenco. 

“Fiz esse personagem como se fosse o último. Me dediquei muito. É um personagem solar, diferente do Gael [‘ Outro Lado do Paraíso’], que foi bem tenso (...) Procuro sempre fazer meus personagens de dentro para fora, sem enganar o público.”

Guizé também ofereceu o troféu ao diretor Jorge Fernando, morto em 27 de outubro, com quem trabalhou em “Êta Mundo Bom!” em 2016. “Ele deixou saudades e está brilhando aqui ainda”, disse o ator.

Integrantes do elenco de “Verão 90” também dedicaram o prêmio a Jorge Fernando, que dirigiu a trama. Jesuíta Barbosa, 28, e Claudia Raia, 52, receberam o Troféu Domingão nas categorias ator de novela e personagem do ano, respectivamente. “Quero homenagear o último trabalho de Jorge Fernando. Dedico esse prêmio e minha carreira a ele”, afirmou Claudia, emocionada.

Fabiula Nascimento, 41, desbancou Agatha Moreira, 27, e Paolla Oliveira, 37, como atriz coadjuvante e disse que não esperava levar o Troféu Domingão para casa por sua atuação como Nana em “Bom Sucesso”, atual novela das 19h da Globo.

“Fiquei muito emocionada. Uma novela que fala sobre leitura, transformação, empatia, compaixão. Essa personagem é montanha russa, erra e acerta o tempo todo. Dá muito trabalho fazer a Nana. Ela tem muitas camadas e tenho que ficar atenta para não me perder”.

Vencedor dos vencedores do Troféu Domingão, Luan Santana, 28, ganhou novamente na categoria cantor. Há dez anos o sertanejo é indicado para a premiação - às vezes em mais de uma categoria - e sempre sai com pelo menos um troféu nas mãos.

“É sempre como se fosse a primeira vez. A cada ano temos um novo projeto e nunca sabemos como será recebido. Acredito que quando fazemos as coisas com verdade e amor os frutos vêm. Sou eternamente grato pelos meus fãs. Eles passam a noite toda votando sem parar”, diz o cantor, que promete música e clipe novos até meados de 2020.

Confira a lista completa de indicados e vencedores do Troféu Domingão - Melhores do Ano 2019:

Atriz de Novela
Alice Wegmann, a Dalila, de “Órfãos da Terra”
Grazi Massafera, a Paloma, de “Bom Sucesso”
Juliana Paes, a Maria da Paz, de “A Dona do Pedaço” - VENCEDORA
 
Ator de Novela
Jesuíta Barbosa, o Jerônimo, de “Verão 90” - VENCEDOR
Renato Góes, o Jamil, de “Órfãos da Terra”
Reynaldo Gianecchini, o Régis, de “A Dona do Pedaço”
 
Atriz de Série

Adriana Esteves, a Stela, de “Assédio” - VENCEDORA
Letícia Colin, a Marylin, de “Cine Holliúdy”
Marjorie Estiano, a Dra. Carolina, de “Sob Pressão”
 
Ator de Série

Antonio Calloni, o Roger Sadala, de “Assédio”
Julio Andrade, o Dr. Evandro, de “Sob Pressão” - VENCEDOR
Rodrigo Lombardi, o Adriano, de “Carcereiros”
 
Atriz Coadjuvante

Agatha Moreira, a Josiane, de “A Dona do Pedaço”
Fabiula Nascimento, a Nana, de Bom Sucesso - VENCEDORA
Paolla Oliveira, a Vivi Guedes, de “A Dona do Pedaço”
 
Ator Coadjuvante

Armando Babaioff, o Diogo, de “Bom Sucesso”
Malvino Salvador, o Agno, de “A Dona do Pedaço”
Sergio Guizé, o Chiclete, de “A Dona do Pedaço” - VENCEDOR
 
Atriz Revelação

Carol Garcia, a Sabrina, de “A Dona do Pedaço”
Glamour Garcia, a Britney, de “A Dona do Pedaço” - VENCEDORA
Nany People, o Marcos Paulo, de “O Sétimo Guardião”
 
Ator Revelação

Kaysar Dadour, o Fauze de “Órfãos da Terra” - VENCEDOR
Orlando Caldeira, o Catraca, de “Verão 90”
Rafael Queiroz, o Rael, de “A Dona do Pedaço”
 
Ator/Atriz Mirim

João Bravo, o Peter de “Bom Sucesso” - VENCEDOR
Maria Alice Guedes, a Valentina, de “Malhação” – Vidas Brasileiras
Valentina Vieira, a Sofia, de “Bom Sucesso”
 
Comédia

Dani Calabresa - VENCEDORA
Marcelo Adnet
Welder Rodrigues
 
Jornalismo

Maria Júlia Coutinho - VENCEDORA
Renata Vasconcellos
Sandra Annenberg
 
Cantora
Ivete Sangalo
IZA
Marília Mendonça - VENCEDORA
 
Cantor

Dilsinho
Ferrugem
Luan Santana - VENCEDOR
 
Música do Ano

Atrasadinha, de Felipe Araújo e Ferrugem - VENCEDORA
Dona de Mim, de IZA
Jenifer, de Gabriel Diniz
 
Personagem do Ano – Categoria Especial

(Nesta categoria, todos os indicados são premiados. Não há votação do público)
Alberto (Antonio Fagundes), de Bom Sucesso
Lidiane (Claudia Raia), de Verão 90
Olavo (Tony Ramos), de O Sétimo Guardião
 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem