Televisão

Após ser criticada por colega, Maju vence Troféu Domingão: 'Se eu não tivesse relevância, ninguém ia me atacar'

Apresentadora do Jornal Hoje ganhou na categoria Jornalista do Ano

Maju Coutinho

Maju Coutinho Estevam Avellar/Globo

Rio de Janeiro

Atual apresentadora do Jornal Hoje (Globo), Maria Júlia Coutinho, 41, desbancou as feras do jornalismo Sandra Annenberg, 51, e Renata Vasconcellos, 47, no Troféu Domingão - Melhores do Ano 2019.

Com a estatueta de jornalista do ano nas mãos, ela disse que teve um ano agitado e que ficou eufórica com o reconhecimento na premiação. 

"A experiência do Jornal Hoje é desafiadora. Estou levando o jornal sozinha e isso acontece em um momento que o país está super turbulento. Você começa a reunião de pauta de um jeito e quando vai pro ar o jornal já é outro. É bastante pressão", conta ela, que revela ter ficado surpresa ao ter seu nome anunciado. "Não imaginava que seria eu, porque a Sandra sempre ganhava."

A jornalista agradeceu ao público que a acompanha desde que era a garota do tempo do Jornal Nacional, e disse que o apoio destas pessoas a encorajou a encarar sozinha a apresentação de um vespertino. "Existe a sementinha de você querer [ter uma bancada própria], mas quando o outro mostra que deseja que você esteja lá, isso te impulsiona a seguir", afirma.

Com menos de um mês no JH, Maju recebeu críticas da colega de profissão Carla Vilhena, 52, que pediu demissão da Globo em 2018. Vilhena fez postagens no twitter criticando a postura de Maju na cobertura da morte do diretor global Jorge Fernando, que aconteceu em 27 de outubro.

"Não sou imune a críticas nem acho que sou perfeita. Só achei um pouco injusta porque eu tinha estreado há pouco tempo. Achei estranho. Não é legal, mas temos que seguir em frente. Se eu não tivesse relevância, ninguém ia me atacar", pontuou a dona da bancada do Jornal Hoje.

Ela disse ainda que teve um ano profissional bom, mas ressaltou que 2019 foi palco de muitas desgraças. "O balanço desse ano eu vi num meme. Ele dizia que 2019 foi dirigido por Tarantino."

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem