Televisão

Com fofoca, humor e astrologia, programa Se Joga é aposta da Globo para bater concorrência

Atração de Fernanda Gentil vai enfrentar A Hora da Venenosa

Érico Brás, Fabiana Karla e Fernanda Gentil são os apresentadores do Se Joga
Érico Brás, Fabiana Karla e Fernanda Gentil são os apresentadores do Se Joga - Victor Pollak/Globo
Karina Matias
Rio de Janeiro

Se é fofoca que o povo quer, é fofoca o que a Globo promete dar no seu novo programa vespertino, o Se Joga, que vai ao ar a partir desta segunda-feira (30). A atração, que marca a estreia de Fernanda Gentil no entretenimento ao lado dos atores e humoristas Érico Brás e Fabiana Karla, tem a difícil missão de superar A Hora da Venenosa, da Record, que vem ganhando consecutivamente da emissora carioca na Grande São Paulo, principal praça de medição de audiência no país. 

Comandado por Fabíola Reipert, o quadro dentro do Balanço Geral, tem como um dos grandes trunfos falar da vida dos famosos, muitos deles contratados da Globo. No último dia 24, A Hora da Venenosa teve 10 pontos de audiência de média contra 9 da Globo, que exibia o filme "Um Senhor Estagiário".

Para combatê-lo, a proposta do Se Joga "é beber na fonte" e aproveitar o elenco da casa como um dos diferenciais da atração, como disse Fabiana Karla. 

"O Caio Castro teve um acidente de carro recentemente. Seria muito tranquilo que a gente trouxesse ele para o programa, e ele dissesse com as suas próprias palavras que está bem...esclarecer as coisas que podiam sair como boato", afirmou Karla, durante entrevista para a apresentação do programa, na semana passada, no Rio de Janeiro.

Não ficou claro, porém, de que forma isso será feito. O risco é cair no mesmo problema que vitimou o extinto Video Show, que, aliás, ocupava o mesmo horário do Se Joga (logo após o Jornal Hoje) e e já costumava perder da A Hora da Venenosa: entrevistas chapa-branca e falta de espaço para alfinetadas. 

Como disse o crítico Tony Goes em reportagem da Folha, um dos dilemas do Video Show era: "Como falar mal, mesmo que de leve, do próprio elenco da emissora?"

Segundo Gentil, o limite da fofoca no Se Joga é o "bom senso". "A gente vai falar da vida dos artistas, e esse limite nós e eles é que vamos colocar (...) É óbvio que, sendo uma pessoa próxima, vamos conversar antes, entender como a gente trata o assunto. A gente quer também que esse programa seja um refúgio deles [dos artistas] para aproximar, para que eles possam vir aqui."

A apresentadora contou que os atores Ingrid Guimarães e Romulo Estrela, da novela "Bom Sucesso", e Agatha Moreira e Reynaldo Gianecchini, de "A Dona do Pedaço", já gravaram participações no Se Joga em quadro de games. "Eles falaram coisas pessoais da vida deles, que não falaram em outros programas até hoje, de uma maneira leve e divertida", disse Gentil. 

Questionada se programas e artistas contratados de outras emissoras serão assunto no Se Joga, a apresentadora disse que não há restrições. "Sendo fofoca e tendo interesse do público a gente vai falar", afirmou.

Uma das pistas é que o assunto será abordado pela dona Cida Lamonier, personagem interpretada pelo humorista Jefferson Schroeder. "Vou entrar ao vivo, de repente, para passar as fofocas dos famosos, porque a gente é muito curiosa. A dona de casa sabe mais fofoca do que os próprios artistas que vivem a coisa", disse Cida. 

Gentil contou que o programa foi sendo formatado a partir do que o público queria ver, informação esta detectada por meio de pesquisas de opinião. "A gente tinha essa faixa horária e resolvemos olhar para as pesquisas. Não é o que a gente queria fazer de primeira. A prioridade foi ver o que o público quer receber". 

Segundo ela, o telespectador principal são mulheres acima dos 50 anos e adolescentes. Sobre estar preparada para a "guerra de audiência" do horário, Gentil falou que prefere não usar esse termo. "Se cada um fizer bem o seu pacote, quem ganha é quem tem ganhar mesmo que é quem está em casa", afirmou. 

SALADA

Além de fofoca, o Se Joga promete ter também muitas outras atrações, como astrologia, humor, interatividade e jogos entre famosos e com a plateia. O programa, que terá 50 minutos de duração, será ancorado ao vivo, mas terá quadros gravados.

Além de Jefferson Schroeder, Marcelo Adnet vai parodiar grandes apresentadores da televisão brasileira em uma espécie de concurso de imitadores. E Paulo Vieira vai mostrar, com humor, o dia a dia da sua vida.

O programa terá ainda colunistas como o astrólogo Edu Conte, que vai fazer a previsão dos signos para a semana e e o mapa astral dos famosos. 

Cátia Damasceno, especialista em sexualidade, vai falar sobre relacionamentos, e o professor Rhavi Carneiro, vai dar dicas de inglês. 

Se joga

  • Quando A partir do dia 30/9, de seg. a sex., às 14h (depois do Jornal Hoje)
  • Onde Na Globo

A jornalista viajou a convite da Globo 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem