Televisão

Marco Luque diz estar mais confiante e que hoje Patropi tem a sua cara na Escolinha

Personagem ficou conhecido com o ator Orival Pessini

Patropi ( Marco Luque ) - Estevam Avellar/Globo
Leonardo Volpato
São Paulo

Quando foi convidado a entrar na Escolinha do Professor Raimundo (Globo), em novembro de 2018, o ator e comediante Marco Luque, 45, revela que foi um grande presente poder interpretar um papel que ficou tão conhecido com o ator Orival Pessini (1944-2016). Porém, dar vida ao hippie universitário Patropi não foi fácil no começo.

“A Escolinha é um projeto incrível e interpretar o Patropi é muito bacana. É normal que no começo assuste, principalmente por ser um personagem que já era consagrado há anos”, conta o ator.

Segundo ele, porém, conforme o tempo passa e mais temporadas do humorístico entram na programação, ele vai se sentindo mais confiante. No canal Viva, a quinta temporada da Escolinha estreou no dia 8 de julho (e elevou a audiência do canal nos dois primeiros episódios). Na Globo, a nova leva de episódios começa a ser exibida neste domingo (28).

"Creio que consegui trazer alguns toques, inovações e trejeitos meus para o personagem e o resultado tem sido bastante positivo”, completa Luque, que diz ter de adaptar o que fala no ar para os dias de hoje. “Não posso contar as mesmas piadas, até porque tem coisas que não se enquadram mais na atualidade. E isso é normal em todo processo evolutivo.”

Para ele, é difícil elencar um personagem como o seu favorito dentre tantos que ele já fez em quase 20 anos de carreira. Porém, ele conta que o Patropi está entre os mais especiais, já que o riponga tem repercutido bem com o público.

“Algumas pessoas já me identificam como Patropi e dizem coisas legais sobre o personagem. Claro que leva um tempo e tem outros fatores também que interferem na consagração de um papel. Cada um deles tem uma história e ficam mais conhecidos em algum meio, seja nos tradicionais como rádio e TV ou nos virtuais, como no YouTube. São como filhos”, define.

Na nova temporada da Escolinha, há algumas novidades. Dentre elas está a entrada de novos personagens, como o João Canabrava, que será interpretado pelo Marcos Veras, e o Seu Fininho, que será feito pelo Paulo Vieira. “Toda edição esperamos que seja a melhor, mas essa é especial. Além da famosa sala do Professor Raimundo, teremos outros cenários, como a sala dos professores e o refeitório”, lembra Luque.

Para ele, todas essas mudanças são bem-vindas e dão novo fôlego ao elenco. “Acredito que renova as energias e dá um novo gás. A Escolinha em si já é um projeto muito bom, mas essas mudanças vieram para trazer novidade ao público e até para nós. Estávamos todos muito ansiosos para descobrir como seria essa nova temporada. Os novos cenários ficaram muito divertidos também”, aponta.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias