Televisão

Adriana Esteves diz que sucesso prévio de sua vilã em 'Segundo Sol' é mérito do autor

Atriz diz não ter medo de comparação com personagem Carminha de 'Avenida Brasil'

Adriana Esteves será Laureta na novela "Segundo Sol"
Adriana Esteves será Laureta na novela "Segundo Sol" - João Miguel Júnior/Globo

Cris Veronez
Rio de Janeiro

A novela "Segundo Sol" (Globo) ainda nem começou, mas já movimentou a internet. Basta fazer uma busca rápida nas redes sociais que os memes estão lá, aos montes, com a frase: "Gente como a gente não se apaixona. Fecha negócio".

Adriana Esteves, que interpreta Laureta Botini, dona do bordão, dá os créditos do sucesso prévio de sua personagem ao autor da trama. "O que bombou foi o texto de João [Emanuel Carneiro], que é certeiro. Ele sabe o texto que ele vai botar na boca de cada personagem."

Desde que trechos do folhetim começaram a ser veiculados na televisão, o público passou a celebrar fervorosamente o novo papel de Esteves. Muitos disseram que a vilã de "Segundo Sol" seria uma nova Carminha, personagem da atriz em "Avenida Brasil". A trama, veiculada em 2012 na TV Globo, também foi escrita por João Emanuel Carneiro.

Ela, no entanto, diz que as duas personagens são completamente diferentes, inclusive em relação às histórias de vida. A atriz afirma que não tem medo de possíveis comparações entre as personagens. "É apenas o mesmo intérprete e o mesmo autor. Acho que não existe no mundo uma pessoa pior que a outra, nem melhor. O grande barato dos personagens que a gente faz, é lembrar que ser humano é único. É um lugar que não existe competição."

Na trama, Laureta é uma poderosa “promoter” de eventos, profissão de fachada, porque, na verdade, ela agencia moças e rapazes para programas com uma clientela selecionada.

SEGUNDA CHANCE

Ambientada na Bahia, "Segundo Sol" fala sobre o protagonismo que o ser humano exerce sobre sua própria vida. O papel principal da trama fica com Giovanna Antonelli, que interpreta a marisqueira Luzia, moradora da ilha fictícia de Boiporã e mãe de dois filhos, Ícaro (Thales Miranda/Chay Suede) e Manuela (Rafaela Brasil/Luisa Arraes).

Ela vive uma paixão com o forasteiro Miguel, que na verdade é o famoso cantor de axé Beto Falcão (Emílio Dantas). O artista assumiu uma identidade falsa e se isolou na ilha. O motivo? Com a carreira em decadência, ele sofre um suposto acidente que leva todo mundo a crer que está morto, causando uma comoção nacional. Beto, então, descobre que vale mais dinheiro vivo do que morto, e embarca neste factoide com a ajuda do irmão Remy (Vladimir Brichta) e da namorada, Karola (Deborah Secco).  

​Luzia passa a ser alvo de armações de Karola e Laureta, que querem tirar a marisqueira do caminho de Beto/Miguel. Após ser acusada de um crime, se mudará para Islândia. Dezoito anos depois, na segunda fase da novela, Luzia retornará ao Brasil como Ariella, uma DJ e cantora de sucesso.

Para Carneiro, o personagem Beto Falcão comete um erro humano, porque mente para salvar a família. "Gosto de lidar com essa zona cinza do nosso livre arbítrio. [...] Tem um pouco a ver com o Michael Jackson, que faturou mais na semana que morreu do que nos anos anteriores."

Escrita por João Emanuel Carneiro e Márcia Prates, com colaboração de Fábio Mendes, Eliane Garcia e Lilian Garcia, a novela "Segundo Sol" estreia nesta segunda (14) após a exibição do Jornal Nacional. A direção artística e geral é de Dennis Carvalho, com direção-geral de Maria de Médicis e direção de Cristiano Marques, Marcelo Zambelli, Noa Bressane e Ricardo Spencer.

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem