Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Estilo

Casamento: lá vem a noiva, toda de... preto

Vestido escuro é tendência em Nova York, mas moda não pega no Brasil, diz estilista

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Rio de Janeiro
Sarah Jessica Parker, de vestido preto, e Matthew Broderick, de terno, no dia em que se casaram. Os dois estão abraçados e sorriem para a câmera, numa imagem em preto e branco
Décadas antes de virar moda, Sarah Jessica Parker casou-se com Matthew Broderick de vestido preto. Anos depois, ela disse que se arrependeu da escolha - Reprodução/Leo Sorel

Cerimônias de casamento não costumam ser eventos com muitas invencionices mas um dado curioso constatado pelo Google em Nova York mostrou que há uma nova (e curiosa) tendência nesta área - e ela já traz reflexos para a indústria americana do setor.

Nos últimos doze meses, a procura por "vestido de noiva preto" chegou a ultrapassar as pesquisas por "vestido de noiva branco" no site de buscas. Com estes dados na mão, grandes empresas passaram a investir no novo nicho. E não se arrependem.

"Esta é de longe a nossa tendência favorita, estamos adorando. Vestidos pretos são muito chiques", disse à CNN Laura McKeever, gerente de relações públicas da David's Bridal, uma das maiores vendedoras de vestidos de noiva nos Estados Unidos.

A demanda é tanta que a rede já oferece os vestidos pretos em seu e-commerce e passará a vendê-los em algumas de suas lojas físicas nos próximos meses - até então, eles só eram fabricados sob encomenda. McKeever considera que o isolamento social provocado pela pandemia influenciou -e muito- essa quebra de padrões.

"As noivas que tiveram que adiar seus casamentos agora fazem de tudo para que seu dia especial seja único, e isso inclui usar o que tiverem vontade", opina. "Os casais passaram a querer jogar as regras tradicionais do casamento pela janela".

Vanguarda, a atriz e ícone fashion Sarah Jessica Parker usou um vestido preto da grife Morgane Le Fay décadas antes da pandemia. Mais especificamente há 23 anos, quando se casou com Matthew Broderick.

Arrependeu-se amargamente. "Se eu pudesse voltar no tempo, usaria um vestido branco e mais apropriado", disse a estrela de "Sex and the City", à Marie Claire americana, em 2006.

E no Brasil? Será que a moda pega? "Acho muito difícil", diz o estilista Carlos Tufvesson, 54, sem titubear. "Até as pessoas mais moderninhas viram caretas e tradicionais no casamento. É uma cerimônia que, por aqui, tem toda uma tradição conservadora", afirma o costureiro e especialista em vestidos de noiva.

Tufvesson criou as roupas usadas por Angélica, Lavinia Vlasak e Susana Vieira em suas cerimônias e em mais de 25 anos de carreira nunca fez uma única peça preta para mulheres que vão se casar.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem