Estilo

'As pessoas podem solucionar problemas de vida com a roupa', diz Arlindo Grund, que estreia novo reality 

Stylist estreia 'A Roupa Ideal' na Sony, nesta segunda 

Arlindo Grund apresenta 'A Roupa Ideal' na Sony
Arlindo Grund apresenta 'A Roupa Ideal' na Sony - Reprodução/YouTube

Sarah Mota Resende
São Paulo

"É muito interessante mostrar que as pessoas podem solucionar problemas de vida com a roupa. A roupa pode passar segurança, pode passar tranquilidade e, acima de tudo, pode mostrar quem você é."

As palavras motivacionais são de Arlindo Grund, consultor de moda que há dez anos pode ser visto ao lado da apresentadora Isabela Fiorentino alfinetando a roupa de mulheres no Esquadrão da Moda, programa de estilo com toques de humor do SBT.

Em versão mais leve, o pernambucano estreia, nesta segunda (9), atração parecida na Sony. A Roupa Ideal, entretanto, promete pegada mais acolhedora que os realities de moda que existem tanto na TV aberta, quanto nos canais pagos.

"São histórias bonitas, são histórias de vida acima de tudo e que a moda entre para dar uma costurada no final. A própria pessoa manda o vídeo. Exemplos: ‘Ai, Arlindo, eu vou casar, meu casamento vai ser super diferente e eu não quero ser uma noiva comum, me ajuda’. ‘Ai, Arlindo, eu to com 62 anos, fiquei viúvo, to querendo retomar minha vida, me ajude, o que você pode fazer?’", diz o apresentador. 

Serão 13 episódios, com dois participantes por dia. Arlindo terá a missão de ajudá-los a definir e refinar seus estilos, com toques que também poderão ser absorvidos pelos telespectadores. 

"Não vai ter transformação, mas vai ter muita informação. E é basicamente a pessoa me falar qual é o problema dela, que não necessariamente relacionado a moda, e eu, com a moda, tento solucionar", afirma. 

"É um programa muito humanizado, no qual a gente pega, basicamente, a história de vida da pessoa porque, para eu dar uma roupa como solução para, eu preciso entender o que a está incomodando. Eu preciso entender a vida dela, a logística, onde ela vai, quem são as companhias, com quem ela anda", completa. 

 
Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem