Tony Goes

A Fazenda 12: Cancelamento da roça estraga semana histórica para a Record

Emissora reconhece erro, justamente quando vinha impondo derrotas à Globo

A cantora Tays Reis
A cantora Tays Reis - Instagram/realityafazenda_12

Não é fácil produzir um reality show de confinamento. Muita coisa pode dar errada, e dá. Para começar, a duração é longuíssima –cerca de três meses– e os programas são exibidos de segunda a segunda, sem folgas. Além disso, elenco precisa ser formado por pessoas desinibidas, que volta e meia perdem as estribeiras (isto, quando não vão parar na delegacia). Para completar, provas elaboradas com todo o cuidado não raro geram resultados polêmicos.

Foi o que aconteceu nesta quarta-feira (28) em A Fazenda 12 (Record), durante a decisiva Prova do Fazendeiro. A produção se embananou na contagem dos pontos. Como perceberam diversos espectadores, a verdadeira vencedora da disputa foi Tays Reis, e não Jakelyne Oliveira. Esta última era quem deveria ter ido para a roça, ao lado de Lipe Ribeiro e Victória Villarim.

Muitos internautas reclamaram, e a própria assessoria de Tays pediu uma recontagem. Enquanto isso, ela era apontada por várias enquetes como a provável eliminada da semana. Se isto acontecesse mesmo, a Record se arriscaria a levar um tremendo processo nas costas. Temerosa, a emissora preferiu reconhecer o erro e cancelar a roça desta quinta-feira (29). Um pouco em cima da hora, convenhamos.


Como internauta é um bicho que nunca está satisfeito, logo subiu a hashtag Boninho nos trending topics do Twitter. Em clima de zoação, o diretor-geral do Big Brother Brasil, da Globo, foi convocado a “ensinar” a Record como se faz um reality show.

Uma tremenda injustiça, e por dois motivos. O primeiro é que o BBB está longe de ser uma engrenagem perfeita. Mesmo na histórica edição de 2020, não faltaram provas canceladas, resultados duvidosos e suspeitas de que a produção estaria protegendo este ou aquele concorrente.

O segundo motivo é que Rodrigo Carelli, diretor da divisão de realities da Record, tem mais experiência no ramo do que o próprio Boninho. Porque começou antes: foi Carelli quem comandou a primeiríssima Casa dos Artistas no SBT, o pioneiro dos realities de confinamento no Brasil. Isto aconteceu em 2001, um ano antes da Globo por no ar seu primeiro BBB.

O fato é que nunca antes uma eliminação havia sido cancelada, em nenhum outro reality do gênero. É uma falha grave, que estraga uma semana gloriosa para a Record, quando A Fazenda 12 vinha impondo sucessivas derrotas à Globo. Nesta quarta (28), o Jornal da Globo perdeu para o programa da concorrente por uma colossal diferença de nove pontos (7,1 pontos de média, contra 16,1 pontos da Record). Cabeças vão rolar.

Mas verdade seja dita: o cancelamento da roça foi a segunda falha grave cometida pela Record nesta semana. A primeira aconteceu na segunda (26), quando um caminhão de som conseguiu se aproximar da sede do programa em Itapecerica da Serra (SP) e avisar MC Mirella para se afastar de Biel e Juliano Ceglia. É preciso reforçar a segurança no entorno, para evitar episódios similares.

De qualquer forma, os imprevistos fazem parte. Os realities se orgulham de não ter roteiro rígido, com margem para resultados inesperados e reviravoltas que ninguém previu. Mais calejada, A Fazenda 12 vai em frente.

Tony Goes

Tony Goes tem 60 anos. Nasceu no Rio de Janeiro, mas vive em São Paulo desde pequeno. Já escreveu para várias séries de humor e programas de variedades, além de alguns longas-metragens. E atualiza diariamente o blog que leva seu nome: tonygoes.com.br

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem