Tony Goes

A Fazenda 12: Jojo Todynho não só é a protagonista, como também a grande favorita

Funkeira foi poupada pelo público na roça que eliminou Cartolouco

Jojo Todynho
Jojo Todynho - Marcos Rocha/Divulgação

O matriarcado avança. A quarta roça de A Fazenda 12 confirmou minha tese da semana passada: as mulheres estão assumindo o controle. Todas as dez originais permanecem no jogo. Já os homens tiveram sua quarta perda consecutiva, e agora restam apenas seis.

Mas algo mudou nesta semana. Pela primeira vez, o eliminado não pode ser classificado como uma planta. Cartolouco agitou o programa desde o momento em que pôs os pés em Itapecerica. Junto com Biel e Jojo Todynho, formava o trio mais ouriçado desta edição.

Quis o destino que os três disputassem a mesma roça. Outra não-samambaia, Luiza Ambiel, escapou por pouco. Começo a desconfiar que o público esqueceu como se vota. Com apenas 25 anos, Lucas “Cartolouco” Strabko é o menos conhecido de todos. Já está na TV há alguns anos, mas só ficou em evidência depois de ser demitido da Globo por indisciplina, no começo de 2020.

Uma indisciplina crônica que provou ser sua maior força e também seu calcanhar de aquiles. Com péssimos hábitos de higiene, o rapaz mostrou ser um Cascão da vida real. Mas também provou ser boa praça, apesar de destrambelhado.

Cartolouco não montou um esquema de apoio nas redes sociais tão forte e profissional como os de seus rivais desta quinta (8). Sua torcida é tão desorganizada quanto ele. Mas sua saída foi digna: ao perceber que estava fora, reagiu com bom humor e sem nenhum ressentimento. Existe caráter por baixo da anarquia.

E em Biel e Jojo, existe caráter também? Vou me furtar a maiores análises sobre o rapaz. A imagem que faço dele sempre foi péssima, e ainda não aconteceu nada nesta Fazenda que me levasse a mudar de ideia. Mas prefiro dar um tempo antes de proferir um veredito.

Jojo Todynho é outra coisa. De temperamento explosivo, a funkeira é a grande protagonista desta edição do reality. Mas sua fúria é temperada com momentos de grande sensatez. Ela tampouco é arrogante. Conhece suas limitações e expõe suas fraquezas sem pudor. E já lançou um meme contagioso: “acho que você não passou pela psicóloga Débora”.

Mais do que protagonista, Jojo está se firmando como a grande favorita para vencer a competição. Nas poucas pesquisas sobre o resultado final, ela aparece um pouco à frente de Biel, e muito longe de todos os demais. Também vem angariando o apoio de famosos, como Maisa e Larissa Manoela.

Seria maravilhoso que, neste Brasil torto de 2020, uma mulher negra, de origem humilde e com um corpo totalmente fora do padrão dominante vencesse um reality show na mais conservadora das nossas emissoras. Claro que ainda é cedo para cravar uma aposta. Mas não para revelar uma torcida: vai, Jojo Todynho!

Tony Goes

Tony Goes tem 60 anos. Nasceu no Rio de Janeiro, mas vive em São Paulo desde pequeno. Já escreveu para várias séries de humor e programas de variedades, além de alguns longas-metragens. E atualiza diariamente o blog que leva seu nome: tonygoes.com.br

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem