Renato Kramer

Wanderléa esbanja carisma em show com sucessos da Jovem Guarda

A cantora Wanderléa, que aos 19 anos tornou-se a "Rainha da Jovem Guarda", levou a plateia lotada do teatro João Caetano (SP) ao delírio neste domingo (24).

Esbanjando carisma, a musa do maior movimento de música pop dos anos 60 —originalmente um programa de televisão (Record) comandado por Roberto Carlos, já ganhou o público na entrada, cantando um sucesso que estourou em dois momentos importantes de sua carreira: "Foi Assim" (Ronaldo Corrêa/ Renato Corrêa) —tema do filme "Juventude e Ternura" que protagonizou em 1968 e da personagem Maria do Carmo (Regina Duarte) em "Rainha da Sucata" em 1990.

"Parece que vieram todos os meus fã-clubes!", comentou a cantora comovida com a calorosa receptividade do público, que mal ouvia as primeiras sílabas de uma canção e já cantava junto em coro. "E vocês ainda sabem todas as letras!", declarou.

E o desfile de sucessos que comemoram os 50 anos de carreira da artista foi envolvendo a plateia num crescendo tal que chegou um momento em que Wanderléa parou de cantar para ouvir: "E vocês são muito afinados! Acho que vamos ter que dividir o cachê!", brincou a Ternurinha.

Crédito: Zé Carlos Barretta/Folhapress A cantora Wanderléa
A cantora Wanderléa

E o desfile de sucessos que comemoram os 50 anos de carreira da artista foi envolvendo a plateia num crescendo tal que chegou um momento em que Wanderléa parou de cantar para ouvir: "E vocês são muito afinados! Acho que vamos ter que dividir o cachê!", brincou a Ternurinha.

Do repertório do maninho Roberto, Wandeca cantou "Esqueça" e "Quando". Do também parceiro de Jovem Guarda, o Tremendão Erasmo Carlos, interpretou "Fama de Mau" e "Sentado à Beira do Caminho". "Estamos tresnoitados", desculpou-se a cantora, "fizemos show ontem à noite em São João da Boa Vista (SP)" – mas a animação da banda, liderada por Lalo Califórnia (marido) e com uma de suas filhas como backing vocal (Jadde Flores), não demonstrava cansaço. Muito menos Wanderléa.

Gritos conhecidos da cantora desde sempre entre uma canção e outra se repetiram neste domingo, como se fosse uma tarde de domingo dos gloriosos anos 60 do Teatro Record Consolação: Wanderléa maravilhosa! Rainha! Eu te amo! "Que coisa boa de ouvir!", retrucava a cantora com seu jeitinho mineiro de ser.

E alguns de seus diversos hits foram fazendo a alegria dos ardorosos fãs: "Estou Com Raiva de Você", "Te Amo", "Exército do Surf", "É o Tempo do Amor", "Na Hora da Raiva", "Boa Noite, Meu Bem", entre outros. Destaque especial para o momento "Ternura" —a cantora só conseguiu dizer as duas primeiras palavras: "Uma vez..". O restante foi a plateia que cantou em alto e bom som.

Para serenar um pouco mais Wanderléa cantou uma das mais belas canções do seu repertório romântico: "Eu Já Nem Sei" (Roberto Corrêa/Sylvio Son). Belíssima interpretação.

Mas a Ternurinha retoma o agito rapidamente com "Acho Que Vou Lhe Esquecer", "Prova de Fogo" e encerra com a top "Pare o Casamento", com direito a mãozinha no quadril e expressão de muxoxo ao implorar ao Senhor Juiz: "Isso não se faz, todo o mundo sabe que eu amo esse rapaz!". Delírio total.

E quem disse que a plateia ia embora? E quem deixava a cantora ir-se embora? Wanderléa precisou voltar ao palco e fazer um novo 'pout-pourri' de suas canções, com o público já todo no gargarejo —fotografando, filmando e pedindo que a cantora pelo menos lhes estendesse a mão.

Wanderléa é isso: 50 anos de carreira, 50 anos de carinho... 50 anos de carisma.

Renato Kramer

Natural de Porto Alegre, Renato Kramer formou-se em Estudos Sociais pela PUC/RS. Começou a fazer teatro ainda no sul. Em São Paulo, formou-se como ator na Escola de Arte Dramática (USP). Escreveu, dirigiu e atuou em diversos espetáculos teatrais. Já assinou a coluna "Antena", na "Contigo!", e fez críticas teatrais para o "Jornal da Tarde" e para a rádio Eldorado AM. Na Folha, colaborou com a "Ilustrada" antes de se tornar colunista do site "F5"

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias