Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui para continuar.

Zapping - Cristina Padiglione

Pai de Juma em 'Pantanal', Enrique Diaz já grava novela das seis

Ator vive um bem-humorado sobrevivente da seca no nordeste em 'Mar do Sertão'

Enrique Diaz em cena na novela 'Mar do Sertão'
Enrique Diaz está em 'Mar do Sertão', novela de Mario Teixeira para a Globo - Ronald Santos Cruz/Divulgação
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Ainda presente nas reverências que Juma Marruá (Alanis Guillen) faz ao pai, Gil, e à mãe, Maria (Juliana Paes), supostamente enterrados ao lado de sua tapera em "Pantanal", a imagem de Enrique Diaz já veste outro figurino em cenário distante do Mato Grosso do Sul, como apresenta a coluna em primeira mão.

O ator gravou em Pernambuco e em Alagoas, nas últimas semanas, suas primeiras cenas de "Mar do Sertão", nova novela das seis da TV Globo, de autoria de Mario Teixeira. Sob direção artística de Allan Fiterman, o ator já vive Timbó, um sobrevivente da seca a que o povo da região está condenado há gerações.

Apesar de todas as dificuldades, Timbó é sujeito esperto, levando a vida com bom humor, criatividade, e até um pouco de malandragem.

Renato Góes, que foi José Leôncio na primeira fase de "Pantanal", também já circula por "Mar do Sertão", rebatizado agora como Tertulinho e destinado a um triângulo amoroso com Sergio Guizé, o Zé Paulino, e Isadora Cruz, a Candonca.

Zé Paulino (Sergio Guizé) - Ronald Santos Cruz/Globo

O enredo se passa na pequena Canta Pedra, cidade fictícia de um sertão que dizem já ter sido mar no passado. É nesse ambiente que a fábula contemporânea se passa, com direito a coronelismo e à valorização do bem maior: água.

José de Abreu vive o coronel Tertúlio, pai de Tertulinho, e Débora Bloch, Deodora, mãe do rapaz. A estreia está prevista para agosto.

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem