Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui para continuar.

Zapping - Cristina Padiglione

'Cara e Coragem': Atriz corta dublê de comercial e Pat perde cachê

Em sua estreia na novela, Maria Eduarda de Carvalho flerta com Moa (Marcelo Serrado)

Maria Eduarda de Carvalho e Paolla Oliveira em cena na novela 'Cara e Coragem'
Pat (Paolla Oliveira) e Andréa Pratini (Maria Eduarda de Carvalho) em gravação de comercial fictício para a novela 'Cara e Coragem' - Victor Pollak/Divulgação
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Andréa Pratini (Maria Eduarda de Carvalho) chega causando durante a gravação de um comercial inspirado nos anos 20 em "Cara e Coragem", novela de Cláudia Souto na Globo.

É a primeira aparição da atriz na trama das sete, vivendo justamente uma atriz que se comporta como diva, ao lado de seu parceiro de cena, Hugo Sá (Rafael Theophilo). Na sequência que vai ao ar neste sábado (18), Pratini dispensa os trabalhos de Pat (Paolla Oliveira) como dublê e deixa a moça triste e revoltada, sem o cachê a que teria direito pelo trabalho.

Ela justifica que consegue fazer as sequências de ação e que não necessita da dublê. O lado bom é estar no mesmo set de filmagem de Andréa, renovando as esperanças de Pat e Moa (Marcelo Serrado). A situação é uma oportunidade para descobrir o significado da foto encontrada no cofre de Clarice Gusmão (Taís Araujo).

No registro, Andréa Pratini aparece ao lado de Clarice e acompanhada de um grupo de mulheres, todas ostentando o mesmo figurino: um terninho laranja com broche em formato de flor na lapela. Há um mistério envolvendo esse grupo e entender a ligação entre Andréa e Clarice é o objetivo de Pat, Moa e de Ítalo (Paulo Lessa).

Após a gravação do comercial, Pratini joga charme para Moa e convida o dublê para sair com ela.

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem