Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Zapping - Cristina Padiglione
Descrição de chapéu Três Perguntas Para...

Mariana Santos se entrega ao luxo na nova novela das sete

Atriz fala sobre sua volta à tela na comédia 'Cara e Coragem', de Cláudia Souto

 Mariana Santos como Rebeca
Mariana Santos será Rebeca em 'Cara e Coragem' - João Miguel Junior/Globo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Campinas

Depois do sucesso em "Pega Pega" e quase dois anos de pandemia de Covid-19, Mariana Santos, 45, retorna à tela da Globo a convite de Claudia Souto, autora da novela de 2017 e de "Cara e Coragem". A coluna traz a primeira foto da atriz como Rebeca no novo folhetim das sete, que substituirá "Quanto Mais Vida, Melhor!".

Na trama, prevista para estrear em maio, Mariana dará vida a Rebeca, ex-mulher de Moa (Marcelo Serrado) e atual companheira de Danilo (Ricardo Pereira). O casal vive em eterna lua de mel, e ela não esconde que gosta de viver no luxo proporcionado pelo marido.

Rebeca é mãe de Chiquinho (Guilherme Tavares), fruto do relacionamento no passado com Moa. Depois de abandonar o filho ainda bebê, ela retorna ao Brasil disposta a lutar contra o ex, com quem tem uma relação conturbada, pela guarda da criança. Moa não a perdoa por ter sido deixado com o filho pequeno e trocado pelo ex-melhor amigo, Danilo.

À coluna, Mariana diz que voltar a trabalhar depois de um longo período em isolamento social é uma alegria. "É um alívio enorme fazer o que gosto. Parece que a vida ficou em suspenso em alguns aspectos para mim e com certeza para muita gente", conta.

A atriz é entrevistada na seção "Três Perguntas Para...", por onde já passaram nomes como Cris Guterres, Maurício Meirelles, Karina Dohme, Malu Galli, entre outros. Confira:

Rebeca é uma personagem complexa, cheia de contradições. Você diria que ela está mais para vilã ou mocinha?

A Rebeca é uma personagem muito interessante. Ela é humana. Erra muito tentando acertar. Acho que Rebeca precisa aprender a viver no mundo real, amadurecer questões difíceis que ficaram no passado. Assim como ela, muitas vezes a gente meio que cria uma realidade mais feliz para nos protegermos das verdadeiras dores da vida. Entrar em contato real com nossas dores nem sempre é fácil.

Você acredita que o humor tem o poder de conscientizar?

Sem humor a vida não faz sentido. Quando a gente consegue ter esse olhar e esse entendimento que o humor, além de fazer um bem enorme à saúde, também nos faz refletir sobre a desgraça, as mazelas da vida, nos ensina muito sobre tudo... O humor salva.

Quais características da Rebeca a colocará em apuros?

A Rebeca irá por caminhos tortos para conseguir a guarda do filho dela. Ela o deixou bebê com o pai. Não conseguiu lidar com a maternidade, foi difícil para ela. Agora, depois de anos, ela volta se sentindo mãe. Acho que essa ansiedade vai atrapalhar muito a Rebeca. Ela precisa amadurecer várias questões.

A NOVELA

Com direção artística de Natalia Grimberg, "Cara e Coragem" é uma comédia romântica de ação embalada por aventura e mistérios, produzida por Mônica Fernandes com direção de gênero de José Luiz Villamarim.

A obra é escrita com Isadora Wilkinson, Julia Laks e Zé Dassilva, com direção geral de Adriano Melo e direção de Oscar Francisco, Cadu França, Mayara Aguiar e Matheus Malafaia.

O elenco conta ainda com Taís Araujo, Paolla Oliveira, Guilherme Weber, Carmo Dalla Vecchia, Claudia Di Moura, Ícaro Silva, Sérgio Loroza, Leopoldo Pacheco, Diogo Caruso, Alice Camargo, Mel Lisboa, Ricardo Pereira, Guilherme Tavares, Bruno Fagundes, Paulo Lessa, André Luiz Frambach​ e Rodrigo Fagundes.

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem