Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui para continuar.

Zapping - Cristina Padiglione
Descrição de chapéu jornalismo mídia

Profissão Repórter tem sua melhor audiência desde 2018

Programa de Caco Barcellos tratou da multiplicação de famílias nesta semana

Caco Barcellos, apresentador e mentor do Profissão Repórter - Maurício Fildalgo/Globo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

O Profissão Repórter alcançou na terça-feira (27) uma audiência que não atingia havia quatro anos --lembrando que em 2020 o programa não foi ao ar.

A edição, que tratou sobre a multiplicação de famílias, após visitar casas que mudaram completamente suas rotinas com a chegada de vários novos filhos de uma só vez, registrou média de 13 pontos e 38% de participação entre o total de aparelhos ligados no PNT (Painel Nacional de TV que engloba as 15 regiões metropolitanas de maior consumo do país), da Kantar Ibope Media.

Essa marca foi superada pela última vez em 17 de outubro de 2018 (14 pontos). O programa comandado por Caco Barcellos também bateu recordes no Distrito Federal (13 pontos, recorde desde 13 de dezembro de 2017) e em Salvador (12 pontos, recorde desde 09 de maio de 2018).

Cada ponto no PNT corresponde atualmente a 713.821 telespectadores.

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem