Zapping - Cristina Padiglione

Greg News será oásis para humor político na TV em ano eleitoral

Programa de Gregório Duvivier entra na 6ª temporada pela HBO e YouTube

Gregório Duvivier em cena da 5ª temporada do 'Greg News' - Divulgação
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Único programa hoje disposto a combater com humor as mazelas da política, especialmente a nacional, que produz piadas prontas quase diariamente, o Greg News entra em sua 6ª temporada na HBO, agora com expectativa de trazer uma pequena plateia de volta, após dois anos sem público.

Em 2020, Gregório Duvivier, colunista da Folha, fez o programa na casa de sua mãe, Olívia, tendo como espectadores apenas a própria mãe, o irmão, João, e a irmã Theodora, diretora de fotografia que o auxiliava na produção do programa. Em 2021, voltou ao estúdio, mas sem público presencial.

A meta agora é ter algumas poucas pessoas em uma plateia presencial, todas devidamente testadas e com apresentação de certificado de vacinação contra Covid. A estreia está prevista para o meio de março.

É possível dizer, até aqui, que o Greg News será um oásis em meio ao deserto da produção de humor da TV relacionada a temas políticos neste ano eleitoral. A Globo abandonou esse filão desde que enterrou o Zorra. O projeto que o substituiria, inicialmente previsto para agosto de 2021, foi adiado sem novas previsões, e nada se fala a esse respeito para este ano. ​

É possível dizer que até no período da ditadura, com Chico Anysio, Jô Soares e Max Nunes, a Globo fazia mais humor político do que tem feito de um ano para cá. Entre 2013 e 2020, com o "Tá no Ar" e alguns episódios de "Fora de Hora", a emissora parecia outra empresa nesse terreno, zombando livremente do governo Bolsonaro e do ex-juiz Sergio Moro, então ainda ministro.

Ainda em 2020, Marcelo Adnet se permitiu usar o bom material vindo dos noticiários nos primeiros meses da pandemia com vídeos curtos para a série "Sinta-se em Casa". Mas, realizada para assinantes do GloboPlay, a produção mal respingava na TV aberta, no horário de menor audiência, pelo matinal de Fátima Bernardes. E olhe lá. Depois disso, a Globo se mostrou tão acrítica quanto SBT, Record, Band e RedeTV! na capacidade de satirizar a política nacional.

O riso hoje na TV aberta está restrito ao humor de costumes com acabamento pastelão, e no caso da Record, nem isso.

Embora esteja em canal fechado, o Greg News felizmente está ao alcance de um público bem maior por meio do YouTube, onde é disponibilizado logo após a exibição na TV, nas noites de sexta (23h), além de permanecer no streaming da HBO.

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem