Zapping - Cristina Padiglione
Descrição de chapéu câncer

Saída de Tiago Leifert da Globo não foi motivada pelo câncer da filha

Apresentador já tinha decidido deixar a emissora quando soube da doença

Tiago Leifert e Daiana Garbin falam do câncer da filha, Lua
Tiago Leifert e Daiana Garbin falam do câncer da filha, Lua ao Fantástico - Reprodução/Globo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Desde sábado (29), quando o casal Tiago Leifert e Daiana Garbin trouxe ao conhecimento do público a doença enfrentada pela filha, Lua, de 1 ano e três meses, o assunto tem sido alvo de conversa em redes sociais e na vida real, com a comoção que um câncer infantil sempre desperta nas pessoas.

Mas muita gente tem atribuído ao fato a decisão de Leifert de deixar a Globo, o que não é verdade.

Leifert de fato pediu para deixar a emissora para fazer uma pausa na correria imposta pelo expediente televisivo. E fez até uma despedida no ar, em café com Ana Maria Braga, deixando claro que pediu à direção da emissora para comandar sua última edição do The Voice.

Àquela altura, ainda em setembro, o apresentador não tinha conhecimento sobre o retinoblastoma, tipo raro de tumor nos olhos, que acometeu a filha. Como deixou claro em entrevista ao Fantástico neste domingo (30), o jornalista notou pela primeira vez algo de estranho nos olhos da pequena ao retornar para casa, em São Paulo, após as primeiras gravações do reality musical, expediente cumprido no Rio.

Leifert não pediria para apresentar o The Voice, um trabalho feito longe de casa, se já soubesse da questão, que apenas antecipou sua saída da emissora, mas não foi o que motivou o pedido de demissão.

O programa foi então assumido por André Marques logo na segunda semana de gravações. No encerramento da temporada, em dezembro, houve até uma homenagem a Leifert, iniciativa de Boninho, diretor responsável pelo programa e pelo BBB, apresentado por ele nos últimos cinco anos, e de sua equipe.

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem