Zapping - Cristina Padiglione

Globo garante transmissão do Campeonato Paulista pelo Premiere

Na TV aberta, emissora comentará partidas e repercussão dos jogos

Lance durante jogo entre Palmeiras e São Paulo, primeiro jogo da final do Campeonato Paulista de Futebol, disputado no Allianz Parque - Adriano Vizoni/Folhapress
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Campinas

Depois de perder os direitos de transmissão do Paulistão para Record na TV aberta, a Globo garantiu a exibição dos jogos nos canais fechados, como o Premiere. Com as quartas-feiras e domingos reservados ao futebol, a emissora pretende concentrar parte de seu time de comentaristas à cobertura em tempo real na televisão, além de publicar notícias no SporTV e no Globo Esporte.

Na última semana de 2021, a Globo firmou um acordo com a Federação Paulista de Futebol que garante a cobertura das próximas 2 temporadas do Paulistão pelo Premiere —em 2022 e 2023. Ao todo, serão 97 jogos por ano, incluindo as fases decisivas, sendo três jogos da quartas de final, as duas semifinais e os dois confrontos da final.

A mesma oferta, que conta com 49 jogos exclusivos, também estará disponível no Paulistão Play, aplicativo oficial da Federação Paulista de Futebol. O acordo define, ainda, que parte da assinatura do canal fechado seja revertida diretamente para o estadual.

Com produção e entrega do sinal dos jogos sob responsabilidade da organização do campeonato, a Globo pretende escalar seu time de narradores, comentaristas e repórteres entre a transmissão dos jogos no Premiere, a cobertura da competição na TV Globo, e a produção de notícias no SporTV e no Globo Esporte.

Além do Paulistão, os assinantes Premiere também poderão assistir, em 2022, ao campeonato Pernambucano e às principais competições nacionais, como as séries A e B do Brasileirão e a Copa do Brasil.

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem