Zapping - Cristina Padiglione
Descrição de chapéu casamento

Masturbação feminina ganha espaço na novela, com Andréa Beltrão

Autora de 'Um Lugar ao Sol', Lícia Manzo quis mostrar que o prazer é saudável à mulher

Andréa Beltrão em 'Um Lugar ao Sol'
Rebeca (Andréa Beltrão) sugere se masturbar em cena de 'Um Lugar ao Sol', novela das nove da Globo - Reprodução
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Você não há de ver homem nem mulher se masturbando ou sugerindo isso em plena cena de novela, mas muitas já foram as vezes em que a insinuação de prazer masculino foi inserida em capítulos de folhetins, sem que isso levantasse qualquer debate ou comoção em redes sociais.

Uma sequência protagonizada por Andréa Beltrão em "Um Lugar ao Sol", no entanto, gerou conversa no Twitter. No episódio de quarta-feira (24), sua personagem, Rebeca, indica, apenas pelo movimento das mãos e dos olhos, que está buscando seu próprio prazer debaixo dos lençóis.

Antes que os mais conservadores se preocupem em tirar as crianças da sala, muita calma nessa hora: bastante delicada, a sequência é restrita ao modo "entendedores entenderão". A malícia, se é que assim se pode chamar um ato de masturbação, está só na cabeça de quem já sabe o que isso significa, sem pretensão de dar spoiler sexual aos mais inocentes.

Em entrevista ao GShow, site de entretenimento da Globo, a autora Lícia Manzo defendeu a cena como um ato de libertação feminina. "Minha intenção, ao escrever a cena, foi tirar do armário algo normal e saudável. Que a mulher possa explorar, conhecer o próprio corpo".

Nesse contexto, a sequência é praticamente um merchandising social, termo que a gente usa para designar ações capazes de inspirar repertório, crescimento humano, educação, cultura e empatia social no telespectador, sem tom panfletário.

"Escrevi a cena porque mulheres também sentem prazer e desejo. Porque a sexualidade é parte da vida das mulheres, e não só dos homens", reforça Lícia.

Para melhorar o tom educativo da sequência, Rebeca se vê "flagrada" pelo marido, Túlio (Daniel Dantas) enquanto se masturba. E ele, indignado porque fora rejeitado pela mulher alguns minutos antes, vai dormir na sala. Mas o que o incomoda mesmo não é o fato de a mulher buscar seu prazer, mas de querer conversar com ele sobre o assunto, em mais uma DR (Discussão de Relação) de um casamento bastante desgastado.

Rebeca explica que rejeitou sexo com ele porque o marido errou na abordagem, já que ela chegou em casa chateada e precisava de um abraço, um afago inicial, e não de uma proposta imediata de sexo. Insensível, ele explica que eles já não são dois namorados recentes e não têm até as 3h da manhã para gastar com preliminares.

Rebeca é a voz de Lícia Manzo para tocar num tema igualmente ignorado pelo mundo maravilhoso das séries, novelas e filmes comerciais. A personagem suscita de modo muito útil a pressão e as dores sofridas pelas mulheres na faixa dos 50 anos, quando estão normalmente encerrando seu ciclo ovulatório, a chamada menopausa, e driblando cobranças de juventude, beleza e libido, itens afetados pela oscilação hormonal.

É pena que "Um Lugar ao Sol" não alcance todo o potencial de uma novela das nove da Globo. O folhetim tem emplacado 23 pontos na Grande São Paulo, o que não é pouca coisa, mas é bem menos do que os 25/30 que vinham sendo registrados pela reprise de "Império" até quase um mês atrás. A novela tem excelentes diálogos e situações que instigam a reflexão do público sobre muitas questões relevantes de vida.

(*) Cada ponto na Grande São Paulo corresponde a 205.377 telespectadores atualmente, segundo dados da Kantar Ibope em 2021.

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem