Zapping - Cristina Padiglione

Globo não pretende abrir mão da Dança dos Famosos

Quadro gera engajamento nas redes sociais, motiva elenco e audiência

Paolla Oliveira durante apresentação de valsa na Super Dança dos Famosos
Paolla Oliveira durante apresentação da final da Super Dança dos Famosos - Globo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Embora a Globo tenha pensado, a princípio, em um Domingão completamente novo para Luciano Huck, ele já trouxe do Caldeirão boa parte dos quadros que fazia.

E como chegou ao domingo antes do tempo previsto, que inicialmente seria só em janeiro de 2022, Huck vai comandar uma temporada do Super Show dos Famosos, que já estava previsto com Faustão e com patrocinadores.

Mas a ideia é tentar repaginar o programa no ano que vem. Só que a Dança dos Famosos, tratada como “Super" este ano para fechar o que seria uma despedida de Faustão da Globo, ainda se mostra um produto muito forte para ser descartado. O formato mexe com o público, com o elenco da casa, e gera envolvimento relevante do público nas redes sociais, como os anunciantes gostam.

Paolla de Oliveira venceu a Super Dança na final deste domingo (29), seguida por Rodrigo Simas e Dandara Mariana.

AOS PRANTOS

“Na minha carreira eu tive que substituir a Glenda [Koslowski], o Léo Batista, o Tino Marcos, o Pedro Bial e o Fausto Silva”, disse Tiago Leifert, emocionado, ao se despedir da “Dança dos Famosos”. O apresentador enalteceu Faustão, seu amigo, que o acompanha desde os 16 anos, desde que ele pegou pela primeira vez em um microfone, ainda no lendário Desafio ao Galo, por onde passou o próprio Fausto em início de carreira.

Foi uma bela homenagem. Leifert disse ainda que a equipe, o público, e a própria sensação de estar sendo acompanhado ali por Faustão tornou sua missão mais fácil do que ele imaginou.

Tiago Leifert chora na final da Super Dança dos Famosos
Tiago Leifert chora na final da Super Dança dos Famosos - Reprodução TV Globo

TROCA

Marcos Mion e Luciano Huck gravaram um diálogo no Instagram em que um celebra as mudanças do outro. Para Huck, Mion amadureceu muito e fez dos obstáculos uma potência. Huck disse que seguiu o caminho da emoção, mas acredita que Mion trará para as tardes de sábado a diversão de Chacrinha.

ENTREGUE

Angélica já gravou o pacote inteiro de Jornada Astral, série de entrevistas para a qual foi requisitada pela HBO Max. As conversas são todas pautadas pelo zodíaco de cada entrevistado. Em tese, a loira está livre para outros compromissos, inclusive com a Globo, onde ela esteve nos últimos 25 anos.

VISITA

Na pele do corintiano Zóinho, Marcelo Médici visitará Carlos Alberto da Nóbrega na “Praça É Nossa”, quase 20 anos depois de deixar aquele banco, rumo à Globo. O ator acaba esta semana de gravar uma nova comédia da Netflix e depois engata as gravações da 9ª temporada do “Vai que Cola”.

Marcelo Médici no Vai que Cola
Marcelo Médici no Vai que Cola - Reprodução Instagram

AUDIÊNCIA

4 pontos
teve o Vem Pra Cá, de Patrícia Abravanel e Gabriel Cartolano, na 5ª (27), em momento de progresso de audiência

5,1 pontos
marcou o The Noite na 5ª, no SBT, mesmo índice do Conversa com Bial na Globo

A BOA DO DIA

Lázaro Ramos conversa com Mano Brown na estreia da 15ª temporada do Espelho
Espelho - Canal Brasil, às 23h

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem