Zapping - Cristina Padiglione
Descrição de chapéu series

Globo contrata grupo de atores para fazer figuração

Time tem função de curinga em variados papéis e produções

Fila de famílias judiais em frente ao Consulado Brasileiro na série "O Anjo de Hamburgo", em cena gravada antes da pandemia - Jayme Monjardim/Globo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Por causa da Covid-19 e da necessidade de fugir de aglomerações, a Globo tem evitado ao máximo cenas com muita figuração em suas produções. Mas, como às vezes isso é impossível, a emissora contratou um grupo de atores por salário base para se revezar em ocasiões distintas.

Isso implica risco de ver as mesmas caras em cenas, circunstâncias e novelas e séries diferentes, o que tem sido disfarçado com figurino e caracterização para camuflar as mesmas caras em papéis distintos.

Esse grupo funciona com direitos e obrigações similares aos de atores da casa, com plano de saúde e disponibilidade para atender às convocações.

Uma série que teve de rever planos de gravações por causa da grande figuração em cena foi “O Anjo de Hamburgo”, sobre Aracy Guimarães Rosa, mulher do escritor, que salvou judeus do Holocausto na Alemanha.

REVIVENDO

Uma das coisas que animou Isis Valverde em “Ti-Ti-Ti”, que volta ao ar no Vale a Pena Ver de Novo, a partir do dia 29, em par com Caio Castro, foi interpretar uma mineira. “Marcela foi minha primeira personagem protagonista e ainda tive a oportunidade de interpretar uma jovem mineira como eu.”

SPOILER

Ser não quiser saber o final de Thelma, papel de Adriana Esteves em “Amor de Mãe”, nem leia o texto a seguir. Segundo a bem informada colunista do portal Metrópoles Carla Bittencourt, a personagem morrerá no fim da novela, vítima do aneurisma que tem se arrastado em sua trajetória desde o início da trama.

INÉDITO

Com entrevistas exclusivas com Ozzy Osbourne, passando pelas reflexões sobre as muitas fases de sua vida, até a descoberta do Parkinson, a série “As Nove Vidas de Ozzy Osbourne” chega ao canal A&E neste sábado, às 23h20, e traça a história do músico em vários estágios: de sua infância na pobreza, no Reino Unido, até a prisão; de sua ligação inicial com a música e como os Beatles, que “mudaram sua vida”, até o nome como vocalista e líder do grupo de metal Black Sabbath.

A produção aborda o período mais difícil de sua vida após a separação da primeira mulher, a morte de seu pai e a expulsão da banda.

FRASE

"Fico alugando de vez em quando o Fábio para ele voltar a atuar, porque é um atorzaço e abandonou esse lado! Maior gente fina, ele e a família toda"

Selton Mello sobre Fábio Jr.

AUDIÊNCIA

22 pontos
bateu “A Vida da Gente” na quarta (17), em novo recorde da novela

21,2 pontos
teve “Laços de Família”, boa média para o Vale a Pena Ver de Novo

A BOA DO DIA

Flávia Alessandra fala da volta de “Salve-se Quem Puder” e da carreira
Conversa com Bial - Globo, à 1h

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem