Zapping - Cristina Padiglione

Série ficcional sobre Marielle Franco prevê duas temporadas

Produção começa a ser filmada no segundo semestre, com direção de José Padilha, para o Globoplay

This handout photo released on March 16, 2018, by Rio de Janeiro's Municipal Chamber shows Brazilian councilwoman from the left-wing party PSOL Marielle Franco, leading a session at the Municipal Chamber in Rio de Janeiro, Brazil on November 28, 2017. On the eve of March 15, 2018 Franco, who was an outspoken critic of police brutality, was shot in Rio's city center in an assassination-style killing. / AFP PHOTO / Rio de Janeiro Municipal Chamber / Mario VASCONCELLOS - AFP

Além do documentário em seis episódios que será lançado nesta sexta-feira (12) pelo Globoplay, com exibição do primeiro capítulo na quinta-feira pela Globo, a vida de Marielle Franco será contada em série de duas temporadas dirigida por José Padilha (de “Tropa de Elite”, “Narcos” e “O Mecanismo”).A primeira vai narrar sua trajetória até 14 de março, quando ela foi executada, ação que matou também seu motorista, Anderson Gomes.

A segunda safra, aí sim, vai se dedicar à novela iniciada a partir de então, sob o mote das investigações sobre quem matou ou mandou matar a ex-vereadora do PSOL. Se até lá o crime tiver sido solucionado, o perfil dos mandantes também merecerá espaço.

A produção da série de Padilha, com roteiro de Antonia Pellegrino e George Moura, começa a ser realizada só no segundo semestre, para ir ao ar em 2021. Embora seja ficcional, a obra será baseada na vida real de Marielle e em sua militância. 
 

HORA DOS VENENOSOS

Com um novo pacote de vinhetas e uma reforma visual em seus programas, a TV Gazeta lança nesta segunda-feira (9) o Fofoca Aí, faixa dedicada só a fofocas, com Gabriel Perline, Fefito, Tutu e Tia, personagem de Guilherme Uzeda no Mulheres. Vai ao ar de segunda a sexta, às 14h.

VOLTA

Após dois meses de cursos de roteiro em Los Angeles, Fábio Porchat reassume nesta segunda-feira (9) o Papo de Segunda no canal GNT, com João Vicente, Emicida e Francisco Bosco, ao vivo, às 22h30. Antes feito em São Paulo, o programa agora fica no Rio, onde funcionava o jornalismo da Globo.

É SÉRIO

O que começou como episódio de humor em “Amor de Mãe” vai tomar rumos mais sérios: depois de levar Lídia (Malu Galli) para dormir em sua casa e ficar abstêmia por 24 horas, Lurdes (Regina Casé) vai levá-la ao AA, Alcoólicos Anônimos, grupo de ajuda para que ela se recupere da dependência.

Lurdes (Regina Casé) leva Lídia (Malu Galli) para sua casa *** Local Caption *** Cap 90 ? Cena 22 - Lurdes (Regina Casé) fala que Lidia (Malu Galli) está passando por um momento delicado e que vai dormir lá. Filhos estranham a situação

NOVO PAR

A ascensão social de Betina (Ísis Valverde) vai minando sua sintonia com Magno (Juliano Cazarré) em “Amor de Mãe”. Nesse jogo do quem ficará com quem na novela das nove, começa a pintar um clima entre ela e Sandro (Humberto Carrão), que se encontram no capítulo desta segunda-feira (9) 

Novela Amor de Mãe
Rola um clima entre Betina (Isis Valverde) e Sandro (Humberto Carrão) na novela Amor de Mãe - Victor Piolak/Divulgação

AUDIÊNCIA

7 pontos
alcança a reprise de ‘A Escrava Isaura’ nas tardes da Record
 

4,8 pontos
atinge a reprise de ‘Caminhos do Coração’ nas tardes da Record
 

A BOA DO DIA

Há mais de dois meses em reprise, Ratinho e The Noite voltam inéditos
SBT, às 22h15 e à 1h, respectivamente

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 48, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem