Zapping - Cristina Padiglione

Ana Maria Braga seria carta da Globo contra A Hora da Venenosa, que derrubou Vídeo Show

Mais Você é cotado para disputar público do programa da Record

Ana Maria Braga e o papagaio Louro José
Ana Maria Braga e o papagaio Louro José - Reprodução/Instagram
Descrição de chapéu Agora
São Paulo

As mudanças na Globo não se esgotaram no fim do Vídeo Show. Internamente, são fortes as especulações sobre novas reformas nas manhãs da emissora.

Muito bem cotada no horário, Ana Maria Braga é a figura com maior domínio sobre as donas de casa, público mais forte do quadro A Hora da Venenosa, da Record, que derrubou o Vídeo Show.

Isso poderia render a transferência do Mais Você para o início da tarde, horário que Ana já ocupou na Record, há quase 20 anos, mas a troca abriria um buraco na faixa matutina, que também não goza de uma liderança tão folgada assim. Só resta calcular em qual espaço Ana será mais útil.


RESERVADA

Ninguém toca em Glória Pires. Essa é a ordem na Globo. Sempre cobiçada para novelas e séries, a atriz está reservadíssima para o primeiro remake de “Éramos Seis” na Globo.

A novela será exibida na faixa das 18h, em 2020. Glória será dona Lola, papel que foi de Irene Ravache no SBT, em 1994, de Nicette Bruno em 1976 (Record) e de Cleyde Yáconis em 1967 (Tupi).

Na versão da Globo, “Éramos Seis” terá como base a adaptação que Silvio de Abreu e Rubens Ewald Filho fizeram em 1976 para o romance original de Maria José Dupret, que também serviu de base para a produção do SBT.


CHAVES NA GLOBO

Sim: a emissora reproduziu a Vila do Chaves para a última temporada do Tá no Ar, que estreia neta terça (15).

Márcio Vito vive o Chaves, Danton Mello é Professor Girafales, Georgiana Góes faz Dona Florinda, Maurício Rizzo interpreta Quico, Luana Martau é Chiquinha e Marcius Melhem vira Seu Madruga.


SOFÁ REQUISITADO

Não é à toa que a Globo se rendeu ao Lady Night. O talk show de Tatá Werneck no Multishow superou 26 milhões de visualizações no Now, plataforma da NET e da Claro onde o assinante escolhe o que quer assistir.

E a procura pelo programa mais do que triplicou em 2018. O Lady Night estreia na Globo nesta quinta, com Cauã Reymond.

Agora

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem