Bate-Papo na Web

Existem várias formas de gravar áudio dos vídeos do YouTube, incluindo serviços online; veja

É bom lembrar: é proibido baixar músicas protegidas e vendê-las

Ilustração
Max Francioli

Como gravar músicas disponíveis no YouTube em um  pendrive para ouvir em outro aparelho? Roberto, 66

Existem diversas formas de gravar apenas o áudio dos vídeos do YouTube. Vc pode baixar um programa, instalar uma extensão para o navegador ou fazer isso de forma totalmente online, sem ter que baixar nem instalar nada. Mais fácil, né?

Vc pode acessar um desses serviços online em https://video2mp3.biz. Primeiro, entre no YouTube e abra o vídeo de onde quer extrair o som. Clique na barra de endereços e selecione o link (algo como www.youtube.com/watch?xyz). Dp pressione as teclas Ctrl e letra C, juntas, para copiar o link.
Volte ao video2mp3.biz e clique no campo em branco onde está escrito “Paste YouTube link” (cole o link do YouTube). Pressione as teclas Ctrl e letra V ao mesmo tempo para “colar” o link ali. Dp clique no botão “convert”.

Na próxima tela, vc escolhe o formato do arquivo: mp3 se quiser salvar só o áudio e mp4 para salvar o vídeo. Aguarde uns instantes. Qdo estiver pronto, vai surgir o botão “Download”, clique nele. Dê um nome para o arquivo, escolha a pasta de destino e pronto.

Outro serviço é o YouTube MP3: www.dlnowsoft.com/pt-br/youtube-mp3. Esse é em português. Funciona do mesmo jeito, basta colar o link no espaço em branco e clicar no botão “Baixe a música MP3”. Se quiser baixar em vídeo, clique na setinha ao lado. Dp, aguarde uns instantes (a tela não muda). Qdo estiver pronto, surgirá a caixinha “Salvar como”, em que vc dá nome ao arquivo e escolhe a pasta de destino.

Dp que salvar tudo, é só passar para o pendrive. É sempre bom lembrar: é proibido baixar músicas protegidas por direito autoral e vendê-las em qualquer formato. Pirataria é crime!
 

Bate-Papo na Web

Alessandra Kormann é jornalista, tradutora e roteirista. Trabalhou sete anos na Folha.
Desde 2005, é colunista do Show!, do jornal Agora.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias