Aventura na cozinha

Pernil de porco leva cinco horas no forno e fica com carne macia e saborosa

Tempo longo de preparo compensa sabor da carne de porco

Pernil de porco assado em grandes pedaços

Pernil de porco assado em grandes pedaços Juliana Ventura/Folhapress

Olá, cozinheiros! Bem-vindos a mais uma aventura na cozinha! Vasculhei meu arquivo mental e, desde que minha cabeça não esteja me pregando uma peça, posso afirmar que desconheço quem não goste de pernil.

A carne de porco, assada em grandes pedaços que ficam deliciosos e dourados por fora, é famosa nas mesas de família nas festas de Natal e Ano Novo, mas não há nenhum motivo razoável que nos impeça de preparar essa iguaria o ano inteiro.

Destaquei na receita de hoje o modo de preparo que uso com mais frequência na minha cozinha, mas a verdade é que toda vez que faço pernil acabo testando algo diferente. Há uma série de temperos e especiarias que podem ser usadas para dar sabor a essa carne. O truque é ir testando sua marinada preferida e respeitar todas as horas (de 8 a 12) que a carne crua fica embebida nessa mistura de líquido ácido e aromáticos na geladeira. 

No lugar do vinho branco que utilizo aqui, pode ser usada cerveja por exemplo, e o limão pode ser substituído por laranja ou abacaxi. Entre as ervas e especiarias, fazem bom par com pernil: anis, pimentas em geral, alecrim, tomilho, sálvia, alho, alho-poró, cebola, páprica, canela, cravo, salsão, dill e gengibre, para citar alguns. 

O tempo de cozimento é rei dessa receita. Quanto mais tempo em fogo baixo o pernil cozinha, usando o caldo da marinada para dar sabor, mais suculento e macio fica. É importante conhecer seu forno. Deixe-o com a chama baixinha, para que não esturrique a carne.

Cinco horas são tempo suficiente para cozinhar, então não se desespere achando que o pernil vai estar cru ao sair do forno. Para os amantes de um bom sanduíche de pernil, é possível incrementar o recheio, fatiando ou desfiando a carne e usando o caldo que sobrou na assadeira para cozinhar em uma frigideira cebolas e pimentões, por exemplo.

Aí, é só abrir o pão francês quentinho, colocar os saborosos fiapos e cobrir com o molho! Vamos para a cozinha? Até a próxima!


PERNIL ASSADO

Dificuldade Média
Rendimento 10 porções

Ingredientes
4 kg de pernil de porco desossado com capa de gordura e couro
500 ml de vinho branco
4 folhas de louro
8 dentes de alho
2 cebolas grandes
1 limão tahiti
2 colheres (sopa) de sal
1 colher (sopa) de sal grosso
1 colher (sobremesa) de pimenta-do-reino moída
1 colher (sopa) de erva-doce
1 colher (sopa) de tomilho
1 xícara (chá) de azeite

Modo de fazer

  1. Misture o sal, a pimenta, a erva-doce e o tomilho e esfregue em toda a peça do pernil.

  2. Em uma vasilha grande, coloque a carne, os alhos descascados, as folhas de louro e o suco do limão. Deixe tampado na geladeira por pelo menos oito horas.

  3. Coloque o pernil em uma assadeira, com o couro para cima, e besunte a carne com o azeite.

  4. Cubra com papel-alumínio e asse em fogo baixo por duas horas.

  5. Descubra, vire, coloque três conchas de caldo e asse coberto novamente por mais uma hora.

  6. Descubra novamente, forre a assadeira com as cebolas fatiadas. Vire outra vez o pernil e asse por mais duas horas, sempre em fogo baixo e adicionando caldo e azeite aos poucos, se achar necessário.

(A)ventura na cozinha

Juliana Ventura, 33, é jornalista formada pela PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo), pós-graduada em gastronomia pela Universidade Anhembi Morumbi e professora de culinária para crianças.
email: aventuranacozinha@grupofolha.com.br
Instagram: @venturanacozinha

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem