Carnaval

Inspirada em Sophia Loren, Deborah Secco usa maiô cavado, peruca e joias no Baile do Copa

Atriz é rainha da tradicional festa de Carnaval do Rio de Janeiro; veja fotos da fantasia

Deborah Secco se inspira em Sophia Loren para Baile do Copa 2019
Deborah Secco se inspira em Sophia Loren para Baile do Copa 2019 - Reprodução Instagram/dedesecco
Cris Veronez
Rio de Janeiro

Rainha do Baile do Copa, tradicional festa de Carnaval que acontece anualmente no hotel Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, Deborah Secco, 39, se inspirou na atriz Sophia Loren para compor sua fantasia.

Neste ano, a atriz foi coroada rainha da festa, posto ocupado pela também atriz Isis Valverde em 2018. O tema escolhido para a festa foi Itália. 

"Sofia Constanza Brigida Villani Scicolone! Imortalizada como Sophia Loren, inspira a minha fantasia pro  Baile do Copa de hoje! Impossível falar sobre a Itália sem reverenciar essa Deusa", escreveu Deborah Secco em uma publicação no seu Instagram. 

O figurino de Deborah Secco foi composto com um maiô preto cavado e em estilo fio dental, além de um longo e volumoso casaco na mesma cor. A atriz também usou lentes de contato verdes nos olhos, peruca e joias. Segundo Deborah Secco, a produção levou três horas apara ficar pronta. 

Pouco após subir ao palco principal da festa, Deborah Secco teve um mal estar e precisou sentar-se para se recompor. Em seguida, ela voltou a sambar e explicou o ocorrido. "Foi por causa do calor. Esse cabelo aqui esquenta pra caramba", disse, em referência à peruca.

Simpática, ela foi bastante assediada. Fãs que estavam fora do hotel fizeram acenos e mandaram recados quando a atriz passou pelo tapete vermelho em frente à entrada principal do hotel. Na parte de dentro, pessoas se empurravam para conseguir uma foto com a artista —e ela atendeu a praticamente todos.

Em conversa com o F5, atriz disse que é a favor do movimento contra assédio no Carnaval conhecido como "não é não".

"Não é sempre não. Respeito é bom e a gente gosta. Acho que essa hashtag tem tomado mais força. Nós, mulheres, começamos uma união, um movimento de proteção para que a gente possa ser mais forte. Estamos dando os primeiros passos para uma transformação."

O BAILE

O Baile do Copacabana Palace representa há 95 anos o que há de mais luxuoso na celebração do Carnaval no Rio de Janeiro. Longe das aglomerações regadas a cerveja e sob o sol do verão nos blocos de rua, a festa de gala que acontece neste sábado (3) é para quem quer ver e ser visto.

“É muito mais uma 'passeggiata' [passeio] do que um baile de pula pula. É para as pessoas verem e serem vistas. Existe um jantar elegantíssimo, reuniões de grupos de pessoas que vão todos os anos. Pessoas que vão com suas roupas elegantíssimas”, resume o cenógrafo Mário Borriello, que já teve passagem por diversas escolas de samba e, desde 2016, é responsável por dar vida ao tema do ano na decoração do Baile do Copa.

Assim, esqueça as fantasias improvisadas. Apesar de o baile ser realizado à beira da praia, em pleno verão carioca, só entra quem estiver de black tie, o que significa smoking ou vestido longo, ou fantasias de luxo. Para garantir que o figurino seja respeitado, há sempre alguém da equipe do hotel na entrada para vetar discretamente quem fugir ao protocolo.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias