Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Celebridades

Meghan Markle ignora presente do pai, com quem tem relação estremecida

Thomas Markle diz que enviou buquê de flores para filha no aniversário dela

Meghan Markle recebe flores do pai, mas segue sem falar com ele - Reprodução/CBS
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Meghan Markle recebeu um buquê de flores do pai dela, Thomas Markle, 77, para parabenizá-la pelo aniversário de 40 anos, comemorado nesta quarta-feira (4). A atitude poderia ser considerada corriqueira, se a relação dos dois não fosse estremecida e tivesse piorado ainda mais em 2019, quando ele vazou trechos de uma carta que havia recebido dela.

De acordo com o que Thomas contou ao TMZ, o ramalhete continha uma dúzia de rosas vermelhas e duas amarelas no meio, simbolizando o casal de filhos de Meghan: Archie, 2, e Lilibet, de apenas dois meses. Junto havia um cartão que dizia: "desejo a você um feliz aniversário e dias melhores". Ele disse que ela não falou nada após o envio do presente, mas que está tudo bem e deseja que a filha tenha gostado das flores.

Thomas afirmou também à publicação que a ideia de incorporar simbolicamente os netos no arranjo de flores foi uma forma de dizer que deseja fazer parte da vida deles. Para ele, parece que as crianças não têm família suficiente em Montecito, região que fica no condado de Santa Bárbara, na Califórnia, onde Meghan, e o marido, o príncipe Harry, 36, moram atualmente.

Além da relação conturbada com o pai, Meghan e o marido também não se dão muito bem com os parentes do príncipe. No dia do aniversário dela, a conta oficial da família real foi sucinta ao parabenizá-la, escrevendo apenas: "desejando à duquesa de Sussex um feliz aniversário hoje", com três fotos em momento diferentes, com Harry, Archie e a rainha Elizabeth 2ª, 95 .

A relação entre Harry e a família real, começou a apresentar tensões cada vez mais crescentes desde o início do relacionamento dele com Meghan. Pontos como o casamento dos dois em 2018, renúncia do casal às funções na realeza em janeiro de 2020 e sua mudança para os Estados Unidos evidenciaram ainda mais as desavenças.

Em março deste ano, os conflitos foram abordados na entrevista polêmica concedida pelo casal a apresentadora Oprah Winfrey, que trouxe alegações de que Meghan estaria com depressão durante seu período na realeza, e já chegou a cogitar suicídio.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Mais lidas