Celebridades

Nome de Lilibet Diana também homenageia mãe de Meghan Markle

Filha caçula do duque e duquesa de Sussex nasceu na última sexta

Meghan Markle, a duquesa de Sussex, na mesa redonda de discussão promovida pela The Queen’s Commonwealth Trust (QCT) - Jeremy Selwyn - 25.out.2019/AFP
São Paulo

O nome da filha recém-nascida do príncipe Harry, 36, e Meghan Markle, 39, Lilibet Diana, não foi uma homenagem apenas para a rainha Elizabeth 2ª e para a princesa Diana, mas também para a mãe da ex-estrela da série "Suits".

Lilibet é o apelido de infância de sua bisavó, Elisabeth, e Diana o nome de sua avó, que morreu em 1997 em um acidente de carro em Paris. Segundo a People, a assistente social e professora de ioga Doria Ragland, mãe de Markle, chamava a filha de flor na infância, e Lilibet é o nome da flor Lírio em inglês.

Em seu extinto blog, chamado The Tig, a duquesa de Sussex já havia falado sobre o apelido em uma publicação que contava como já havia sido chamada. "Meg, MM, M&M e Flor (como a minha mãe e chamava desde quando era pequena".

A bebê que nasceu na última sexta-feira (4), será chamada de Lili. Segundo o Page Six, antes de utilizar o apelido de Elizabeth 2ª, Harry teria pedido permissão para a monarca, que era chamada pelo apelido por seu pai, o rei George 5º (1895 - 1952), e seu marido, o príncipe Philip (1921 - 2021).

Uma fonte próxima ao casal disse ao site que "Harry absolutamente buscou permissão" e que o príncipe "ligou para a rainha Elizabeth II antes da esposa dele, Meghan Markle, dar à luz", em um hospital na Califórnia, nos Estados Unidos.

Em outra entrevista, uma fonte ligada ao príncipe afirmou, ao Daily Mirror, que Harry pensava em colocar este nome na filha antes mesmo de conhecer sua esposa. "Harry nunca escondeu seus planos de ter uma família, sempre disse querer um menino e uma menina", começou.

"Ele iria batizar em homenagem às duas mulheres mais importantes de sua vida, a rainha e a mãe. Ele acabou mencionando Lilibet para a Meghan quando os dois conversavam sobre o nome e ela amou a ideia", completou a fonte.

Segundo o site Page Six, o bebê é o primeiro filho da realeza britânica a nascer nos Estados Unidos. O desejo de realizar o parto em casa vinha desde a gravidez de seu primeiro bebê, que seria realizado em Frogmore Cottage, no Reino Unido.

Quando Archie estava uma semana atrasado, a duquesa de Sussex foi leva ao hospital privado de Portland em Londres, onde deu à luz na madrugada do dia 6 de maio de 2019, ao lado de seu marido, Harry. Lili é a 8ª na linha de sucessão da família real.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem