Celebridades

Andréia Sadi, Huck e famosos elogiam governador Eduardo Leite ao se assumir gay

Político fez revelação ao Conversa com Bial

Em vídeo divulgado nas redes sociais, governador Eduardo Leite anunciou mudança nas regras do modelo de distanciamento controlado do RS
O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite - Reprodução/YouTube
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Famosos como o apresentador Luciano Huck, 49, a jornalista Andréia Sadi, 34, e o cantor Tico Santa Cruz, 43, publicaram mensagens de apoio ao governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite. O político do PSDB falou sobre homossexualidade e se declarou gay no programa Conversa com Bial, da TV Globo.

“O exemplo de transparência de Eduardo Leite entra para a história do Brasil como um divisor de águas. O governador do RS mostra fina sintonia com o espírito deste novo tempo”, escreveu Huck.

Andréia Sadi diz torcer para que o mundo melhore e seja menos preconceituoso. “É isso, governador: ‘deveríamos viver num país em que isso fosse uma não-questão’. Que possamos viver em um país que respeita os outros, que criminaliza a homofobia”, postou.

O comediante Rafinha Bastos, 44, que também é gaúcho, mandou suas felicitações ao conterrâneo. “Coisa linda, governador. Muita força e felicidade pra ti.”

Tico Santa Cruz publicou mensagem em que considera “admirável sua coragem e dignidade”. Já o ator Hugo Bonemer, 34, disse que foi um “ato de coragem”. “Ao sair do armário publicamente, um profissional esta sujeito a uma serie de riscos”, pontuou ele que é homossexual.

Na opinião de Felipe Andreoli, 41, apresentador do Globo Esporte (Globo), “deveria ser normal” uma pessoa se assumir gay. Ele o parabenizou pela coragem.

O repórter da Globo Pedro Figueiredo, que recentemente foi alvo de ataques homofóbicos por causa de seu relacionamento com o repórter Erick Rianelli, foi outro que mandou suas felicitações.

“Parabéns pelo seu posicionamento, governador. Se tem um espaço onde ainda era difícil nos vermos representados era na política. Não interessa sua ideologia nem questões partidárias. Tenho certeza de que seu gesto é importante para todos nós LGBTs.”

No Conversa com Bial, Eduardo falou primeira vez publicamente sobre o tema. "Eu sou gay. E sou um governador gay, e não um gay governador, tanto quanto [Barack] Obama nos Estados Unidos não foi um negro presidente, foi um presidente negro. E tenho orgulho disso", disse Leite.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem