Celebridades

MC Kevin foi autuado por porte de drogas em blitz em 2020

MC alegou portar droga para uso pessoal

MC Kevin - Instagram/mc_kevinof
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O cantor MC Kevin, nome artístico de Kevin Nascimento Bueno, 23, que morreu após cair do quinto andar de um hotel na Barra da Tijuca, chegou a ser autuado em um processo por porte de drogas. As informações são do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

O caso foi registrado pelo Juizado Especial Adjunto Criminal de Angra dos Reis. Segundo ele, Kevin foi parado durante uma fiscalização com uma pequena gramagem de uma droga que aparentemente seria cocaína, segundo O Globo.

O músico afirmou ser de uso pessoal e assinou um termo circunstanciado na delegacia antes de ser liberado. O vício do músico em drogas é antigo.

Amigos de MC Kevin confirmaram à polícia que viveram um dia de consumo de drogas, álcool e sexo a três antes de o cantor cair do hotel no último domingo (16). O laudo pericial sobre a morte do MC concluiu que a queda “teve como causa aparente um acidente”. O documento ainda aponta que não havia indícios de briga ou ações violentas no quarto 502 do hotel onde o cantor estava hospedado.

Em depoimentos prestados na delegacia e obtidos pelo F5, três dos amigos que participaram da viagem deram versões parecidas com a da modelo e acompanhante de luxo Bianca Dominguez, que diz ter visto o artista escorregar da sacada.

São eles o MC Victor Elias Fontenelle, 23, de quem Kevin era empresário havia dois anos e amigo havia sete anos; o cantor Jhonatas Augusto Cruz, 26, que fora apresentado ao artista por Victor; e Luccas Dhuan Pombal, 23, também integrante do grupo.

Victor conta que eles realizaram um show naquela madrugada na Mansão do Imperador, na Vila Valquiere, na zona oeste carioca —que segundo a prefeitura não tinha autorização para acontecer— e que ele voltou por volta das 6h ao hotel, onde combinou com Kevin de ir à casa de um outro amigo.

Nessa casa, onde também estavam presentes vários outros colegas e a esposa do MC, a advogada Deolane Bezerra, eles beberam whisky, comeram churrasco, usaram a droga MD e fumaram maconha. Por volta das 12h, voltaram para o hotel para descansar, mas a diária havia vencido.

Victor relata que Kevin pediu que o segurança Jader fosse ao apartamento pegar dinheiro para pagar a renovação. Ele subiu e voltou acompanhado de Deolane, que perguntou por que o marido precisava do valor, ainda segundo o depoimento.

O marido então teria se aborrecido com a pergunta e jogou uma garrafa de cerveja no chão. O casal teve uma breve discussão e ela subiu para o quarto. Por volta das 12h30, Kevin chamou Victor para ir à praia em frente ao hotel, segundo ele.

Na areia, os dois, Jhonatas e outros amigos chamados Gabriel e MC Denna pediram comida e cerveja num quiosque (Jhonatas cita outros nomes e afirma que fumaram maconha novamente), quando uma mulher, Bianca Dominguez, lhes "chamou atenção". Victor conta que foi até ela, conversou por cerca de 20 minutos e depois ela foi até o grupo.

Durante a conversa Kevin lhe perguntou: "Você gosta de um presentinho?", e Bianca riu e respondeu "tá bom". Victor e a modelo foram para o hotel por volta das 17h, sendo que o cantor chegou cinco minutos depois, tendo os três praticado atos sexuais juntos.

Foi então que Jhonatas, que tinha o cartão do quarto, entrou. Ele narra que pediu para participar da transa, mas Kevin pediu que ele conseguisse camisinha, portanto saiu e voltou ao quarto com o item. Bianca Dominguez, porém, falou que se ele não fosse embora ela não transaria com mais ninguém.

Kevin teria dito: "Sai fora, senão vai me atrasar, pois vão ver muita gente aqui no quarto". Jhonatas conta que entrou no banheiro e bateu a porta tentando simular que era a porta do quarto, para fazer com que Bianca pensasse que ele havia saído, mas depois se escondeu atrás de uma cortina.

Ela, no entanto, percebeu sua presença e falou novamente que não faria nada se ele não saísse —quando ele foi embora de forma definitiva. Nesse meio tempo, Victor diz ter recebido uma mensagem do colega Gabriel informando que Deolane estava perguntando por Kevin, o que os outros confirmam.

Preocupado que ela descobrisse a traição, disse: "Vamos tomar cuidado, vai moiá [complicar]". Os três, porém, continuaram praticando atos sexuais até que, quando ele terminou, ainda na cama, viu Kevin chamando Bianca para que fossem ficar apenas os dois na varanda, com as cortinas fechadas.

Victor narra que foi ao banheiro se lavar e não soube informar se alguém entrou ou tentou entrar no quarto nesse momento, porque não escutou nada —Bianca também diz que não ouviu batidas na porta. Quando saiu do banho, foi em direção à sacada e, ao abrir a cortina, viu Kevin escorregando do parapeito.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem