Celebridades
Descrição de chapéu Folhajus

Justiça muda ação de Luciana Gimenez contra Jorge Kajuru para fórum competente

Apresentadora tenta receber R$ 98,5 mil por crédito judicial

Senador Jorge Kajuru e Luciana Gimenez - Folhapress
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Erramos: esse conteúdo foi alterado
São Paulo

O Tribunal de Justiça do Rio determinou, na terça-feira (27), que a ação judicial movida pela apresentadora Luciana Gimenez, 51, contra o senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) não é de competência da 52ª Vara Cível. Com isso, a ação que pede a execução de título extrajudicial de ação por danos morais será distribuída no juízo correto, a 18ª Vara Cível do Rio.

No processo, Gimenez visa receber R$ 98,5 mil por um crédito judicial, de uma sentença levada a protesto em outra ação, que ela havia ganhado contra Kajuru. Na época, o senador havia se referido a Gimenez como "mulher de programa", "mulher desqualificada" e "mulher de interesse". Os comentários aconteceram durante uma live com a apresentadora Antônia Fontenelle, 48, no dia 25 de março, no programa Na Lata.

A apresentadora já havia movido uma ação contra o senador, em 2004 que, segundo o advogado Lucas Clemente Guimarães de Diaz, já foi vencida e atualmente se encontra em fase de cumprimento de sentença no Rio de Janeiro. O motivo deste processo foi por ele ter feito comentários sobre o comportamento profissional dela, no programa Boa Noite, Brasil (RedeTV!).

Na ação, os advogados da apresentadora da RedeTV! lembram que a entrevista de Kajuru para Fontenelle teve "mais de 814 mil visualizações, o que demonstra o potencial ofensivo das ofensas que o réu lhe assestou."

A Justiça de São Paulo determinou então que o senador não cite mais o nome da mãe de Lucas Jagger, 20, com multa diária de R$ 20 mil caso descumpra. O juiz Valentino Aparecido de Andrade, da 1ª Vara Cível de São Paulo determinou a sentença.

"Kajuru não poderá se manifestar, comentar ou divulgar, por qualquer meio de comunicação, por fala ou escrita, nomeadamente pelas redes sociais, informações, alegações ou expressões que digam respeito à vida pessoal e profissional da autora, nomeadamente quanto àqueles aspectos que formaram o conteúdo da entrevista referida na peça inicial", disse.

"Luciana jamais perdeu ação contra Jorge Kajuru", completa o advogado. Ele afirma que a mudança no processo movido pelo programa Na Lata "diz respeito apenas à forma procedimental e não tira, de forma alguma, o direito, já líquido e certo, de Luciana receber a indenização a quem tem direito por força judicial."

ERRAMOS: O conteúdo desta página foi alterado para refletir o abaixo

Luciana Gimenez moveu dois processos distintos contra o senador Jorge Kajuru, não um. O primeiro está em fase de cumprimento e diz respeito ao programa Boa Noite Brasil, já o segundo é sobre a entrevista no programa Na Lata. O texto foi corrigido. 

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Mais lidas