Celebridades

Namorado de Britney Spears diz que quer ser ator e está pronto para ser pai

Sam Asghari quase recusou convite para clipe em que se conheceram

Britney Spears, com vestido vermelho, e o namorado Sam Asghari, com terno cinza
Britney Spears e o namorado Sam Asghari no lançamento do filme "Era uma Vez em... Hollywwod" em julho de 2019 - Kevin Winter/Getty Images/AFP
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O namorado da cantora Britney Spears, 39, Sam Asghari, 27, afirmou que está pronto para dar um novo passo no relacionamento dos dois e se tornar pai. Em entrevista à revista Forbes, o influenciador fitness, disse que se vê cada vez mais maduro e focado no que deseja do futuro.

“Minhas prioridades na vida são permanecer humilde e entender de onde vim e para onde estou indo. Eu quero levar minha carreira para o próximo passo quando se trata de atuação. Também quero levar meu relacionamento para a próxima etapa. Não me importo de me tornar pai. Quero ser um pai jovem."​

Juntos há quatro anos, Sam e Britney se conheceram durante as gravações do videoclipe da música “Slumber Party", parceria entre Britney e a cantora Tinashe, lançada em 2016. Na entrevista, Sam disse que quase recusou o convite: "Eu já era conhecido por um clipe, então não queria fazer outro."

“Eu queria fazer TV, queria fazer filme. Minha estratégia de atuação era me afastar dos videoclipes. Não queria fazer mais e ser conhecido como um ator de videoclipes. Mas um amigo estava trabalhando em um projeto e me indicou para a equipe que estava escolhendo o papel principal para 'Slumber Party'."

Sam conta que, naquele momento, ele não sabia que o clipe era de Britney e resolveu participar da gravação por causa do amigo. “Ela escolheu pessoalmente a minha foto e queria que eu fosse escalado. Meu amigo me ligou e disse: ‘Preciso que você participe disso. Acredite em mim, você quer participar'."

A cantora já tem dois filhos, Sean, 15, e Jayden, 14, ambos do casamento com Kevin Federline. Desde 2008, após um colapso mental de Britney, o controle de sua carreira e finanças estão sob o controle de seu pai. Desde então, o movimento #FreeBritney pede que ela volte a poder tomar as rédeas do que produz.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem