Celebridades

Ex-BBB Dicésar é condenado em processo trabalhista movido por ele mesmo

Ex-participante do reality terá que pagar multa à TV Gazeta

Ex-BBB Dicesar Ferreira acerta participação em desfile da Acadêmicos do Tucuruvi
Ex-BBB Dicesar Ferreira acerta participação em desfile da Acadêmicos do Tucuruvi - Renato Cipriano/Assessor de Imprensa Tucuruvi
São Paulo

Dicésar Ferreira, 53, foi condenado a pagar uma multa à TV Gazeta após processo que ele mesmo moveu contra a emissora. O ex-BBB entrou com ação judicial alegando falta de pagamento por suas participações no programa Mulheres. 

A ação foi julgada na última quarta-feira (2) e, além da emissora não ser condenada, a Vara do Juizado Especial Cível declarou Dicésar culpado por alterar a verdade dos fatos. 

A assessoria da emissora afirmou que o acordo de Dicésar com o programa foi estabelecido antes de sua participação e que ele iria na condição de convidado.  

A multa processual paga pelo ex-participante do reality equivale a 2% sobre o valor da causa –que não foi divulgado –para a Fundação Cásper Líbero, e ainda os honorários advocatícios aos patronos da TV Gazeta.

Procurada, a advogada Patrícia Bovi Merlin, responsável pelo caso de Dicésar, disse que a decisão foi tomada em primeira instância e que ela vai recorrer. "Certamente haverá a reforma desta decisão", afirmou em nota. 

Segundo a advogada, "Dicesar não foi condenado por mentir em juízo", pois o magistrado teria entendido tratar-se de um caso de cunho trabalhista. Ela afirma ainda que há um processo trabalhista também em tramitação. 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem