Celebridades

Simaria minimiza briga e diz: 'Na hora que a Anitta quiser a gente grava com ela'

Cantora da dupla com Simone foi citada em biografia da funkeira

Simone e Simaria durante a gravação do DVD da dupla, em São Paulo
Simone e Simaria durante a gravação do DVD da dupla, em São Paulo - Leo Franco - 22.nov.2018/AgNews
Géssica Brandino
São Paulo

Citada na biografia de Anitta, produzida pelo jornalista Leo Dias, por causa de uma briga com a funkeira, a cantora Simaria, da dupla com a Simone, afirmou durante evento de lançamento do novo DVD nesta terça-feira (2) em São Paulo que está tudo bem entre as duas. 

“Na hora que Anitta quiser a gente está aqui para fazer parceria e gravar com ela, o que ela precisar da gente ela pode chamar, e vice e versa”, afirmou Simaria.

Questionada pela Folha sobre o desentendimento, Simaria resumiu o episódio, contando que ela e a irmã tentaram dar um conselho para Anitta e que ela não gostou.   

“Às vezes, a gente quando está fazendo muito sucesso, no caso eu e a Simone, a gente dá um toque para alguém e a pessoa não quer ouvir. Não sei porque. Acontece com a gente também”, disse. 

Na biografia, Dias conta que o desentendimento entre as duas começou num grupo de WhatsApp, em que Anitta ignorou os pedidos de Simaria para divulgar a agenda de shows da dupla para suas redes. 

Nego do Borel alertou a funkeira de que a cantora de feminejo estava falando mal dela e quando as duas se encontraram, numa apresentação da canção “Loka” no Prêmio Multishow em 2017, houve bate-boca nos bastidores. 

Segundo Simaria, a dupla reencontrou Anitta durante a gravação do DVD da funkeira Ludmilla. Lá, ela diz que cumprimentou a cantora com um beijo e um abraço. “Tudo normal”, resumiu. 

“Essa confusão que o povo criou não existe. O povo adora falar da vida alheia, caçar confusão, botar briga onde não existe. Acho que as pessoas estão precisando apurar os fatos antes de julgarem os outros”, afirmou a cantora.

Simaria também pediu ao público para que não resuma a identidade do artista ao que é postado nas redes sociais e destacou que as pessoas se surpreendem quando conhecem a dupla pessoal. 

“As pessoas ficam besta quando chegam perto da gente, porque veem que a gente é simples. Eu levo uma coisa comigo que não vou esquecer nunca: Eu vou morrer e vou para o mesmo buraco que todo mundo. Não posso ser melhor do que ninguém em nada. Sou de carne e osso”, afirmou. 

A cantora revelou que foi alvo de mentiras no período em que fazia tratamento para se recuperar de uma tuberculose. “Falaram que eu era drogada, que estava na clínica de reabilitação. Eu não bebo: eu faço os outros beberem”, respondeu bem-humorada.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias