Celebridades

Thais Müller, a Zilpa da minissérie 'Lia', se divide entre a carreira de atriz e a de estilista

Filha de atores, atriz estreou na TV aos sete em 'O Cravo e a Rosa'

Foto da atriz  Thais Müller
Além de atriz, Thais Müller também é estilista - Faya/Divulgação

Descrição de chapéu Agora
Karina Matias
São Paulo

Thais Müller tinha três anos quando o seu pai, o ator Anderson Müller, então produtor da peça infantil “A Dama e o Vagabundo”, perguntou se a menina queria participar do espetáculo. Em cena, já estava a mãe de Thais, a atriz Marcela Muniz. A princípio, ela disse não. Mas a artista lembra, aos risos, que pouco depois, na temporada em São Paulo, falou decidida: “Agora estou pronta para entrar em cena”.

Desde então, Thais não parou mais. Atualmente, aos 25 anos, ela é a divertida Zilpa, da minissérie “Lia”, da Record, que acaba na segunda (30). Antes, foi a Jerusa, de outra trama bíblica da emissora, a novela “Os Dez Mandamentos” (2015-2016).

“O convite para fazer ‘Lia’ foi muito inesperado. Fiquei com medo de a personagem ser parecida com a Jerusa, porque ambas são divertidas. Mas não, elas são diferentes. A Zilpa tem uma fé que a leva a crer que tudo vai ficar bem”, relata.

Assim como no teatro, Thais estreou cedo na TV. Foi aos sete anos, na novela “O Cravo e a Rosa” (2000-2001), da Globo, com uma personagem que roubou a cena: Fátima, mais conhecida como Fatinha, a meia-irmã de gênio forte de Catarina (Adriana Esteves) e Bianca (Leandra Leal).

Thais Müller, ainda criança, ao lado de Leandra Leal, vestida de noiva, em cena da novela "O Cravo e a Rosa" (Globo)
Aos sete anos, Thais Müller fez a sua primeira novela, "O Cravo e a Rosa" (Globo) como a menina de gênio forte Fátima, mais conhecida como Fatinha; na imagem, ela aparece ao lado de Leandra Leal, que fazia o papel de sua irmã na trama - Divulgação

“Eu era uma criança muito desenvolta, e todos falavam para os meus pais me levarem para fazer um cadastro na Globo. No dia em que fomos, o Walter Avancini [diretor] viu o meu vídeo e mudou a personagem, que inicialmente deveria ter 11 anos, para que eu pudesse fazê-la. Foi a sorte de estar no lugar certo na hora certa.”

Embora seja muito feliz como atriz e não tenha pretensões de abandonar a carreira, Thais também tem outra paixão: a moda. Ela é estilista e tem a sua própria marca, a Ladotê Ateliê, que faz camisas estampadas.

“Nesses altos e baixos da profissão de ator, e como boa virginiana, que gosta de ser planejada e ter tudo certinho, comecei a pensar em um plano B e me encantei com a faculdade de design de moda. Sempre gostei de costurar, de repaginar as minhas roupas, e me encontrei nesse caminho.” 

Thais diz que aproveita os hiatos entre um trabalho e outro como atriz para focar sua marca de roupa. "Gosto muito de costurar. Acaba sendo um relaxamento, mesmo quando chego cansada das gravações.”
No momento, a artista também se dedica ao teatro. Ela faz a peça infantil “Missão Super Secreta” e quer, em breve, produzir e atuar em um espetáculo para o público adulto.


 

Agora
Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem