Celebridades

Fátima Bernardes e Luiza Brunet são homenageadas no Brazilian International Press Awards

A apresentadora do Encontro recebeu prêmio pelos 30 anos de carreira

Fátima Bernardes é homenageada no Brazilian International Press Awards
Fátima Bernardes é homenageada no Brazilian International Press Awards - Fabiano Silva/Globo

São Paulo

​Acompanhada do namorado Túlio Gadêlha, a apresentadora Fátima Bernardes, 55, recebeu o prêmio Lifetime Achievement, do Brazilian International Press Awards, na noite deste sábado (12), no Teatro Amaturo de Fort Lauderdale, na Flórida (EUA). Além da jornalista, a ex-modelo Luiza Brunet, o bailarino  Jovani Furlan e os pesquisadores Álvaro Lima e Alanni de Castro entre outros também foram homenageados.

"Antes de mais nada eu gostaria de parabenizar todos que passaram hoje por esse palco. Também o Carlos Borges, organizador do evento, pela iniciativa. Saber que tantas pessoas incríveis já foram homenageadas com esse prêmio por suas carreiras, e hoje poder me juntar à elas me dá uma alegria imensa. Me sinto extremamente honrada”, agradeceu a apresentadora do Encontro, da Globo.

Fátima Bernardes foi homenageada pelos seus 30 anos de televisão. Ela iniciou a carreira em 1983 no jornal O Globo e, em 1986, fez um curso de telejornalismo na TV Globo no qual descobriu a paixão pelo imediatismo do meio. A jornalista passou por vários telejornais da emissora até assumir a bancada do Jornal Nacional em 1998, onde permaneceu por 14 anos. 

Depois de um ano de planejamento, Fátima Bernardes estreou seu próprio programa, Encontro com Fátima Bernardes, nas manhãs da Globo em 2012. De lá para cá, a apresentadora ficou mais confiante e consolidada no entretenimento da emissora com bons índices de audiência, e a ponto de dançar no palco, o que sempre gera repercussão. "Se eu puder dar um conselho, é: nunca desistam de buscar a felicidade", disse Fátima Bernardes. 

Essa foi a primeira vez que Fátima Bernardes viajou para o exterior com o namorado, Túlio Gadêlha, 30. Nas redes sociais, a apresentadora postou imagens ensinando Gadêlha a passar roupa. "Pessoal, esse é o lado ruim de trazer mala pequena. Depois tem que passar a roupa", disse o pernambucano em vídeo no Stories do Instagram —ferramenta em que as publicações desaparecem após 24 horas.  "É tem que passar a roupa. A minha mala é grande e a minha roupa veio passadinha", concordou Fátima.

MAIS HOMENAGEADOS

Além da apresentadora, a ex-modelo Luiza Brunet também homenageada pelo seu ativismo em prol do combate à violência contra a mulher. A atriz e ex-modelo foi agredida pelo ex-companheiro Lírio Albino Parisotto durante uma viagem a Nova York (EUA), em 2016. No ano passado, a Justiça de São Paulo condenou Parisotto a cumprir um ano de prisão em regime aberto e mais um ano de serviço comunitário pelo crime de lesão corporal.

Em entrevista ao F5 para o Dia Internacional da Mulher, Luiza Brunet afirmou que sua mãe, Alzira Botelho da Silva, também sofreu violência doméstica e que ela não sucumbiu. "Criou os filhos com bases sólidas, em uma época em que a mulher não tinha como se defender e não sabia que ser violentada era crime."

Com festa temática em celebração aos 60 anos da Bossa Nova, o evento também prestigiou 21 pessoas e instituições que se destacaram ao longo do ano, além de ter atribuído quatro prêmios especiais do conselho organizador que, entre outros, reconheceu os pesquisadores Álvaro Lima e Alanni de Castro, e o bailarino clássico catarinense Jovani Furlan, que vem despontando como solista do Miami City Ballet.
 
Criado em 1997, o ​Brazilian In Jovani Furlan e os pesquisadores Álvaro Lima e Alanni de Castro  ternational Press Awards é uma das mais relevantes celebrações da cultura brasileira no exterior. As premiações acontecem paralelamente ao Focus Brasil, com painéis de debate sobre assuntos de importância para os brasileiros que vivem no país. 
 

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem