Celebridades

Amal Clooney dá dicas para Meghan Markle de como viver em Londres

Advogada de direitos humanos estaria ajudando a princesa em seu novo país

Meghan e Amal Clooney se conheceram nos EUA e se aproximaram quando a atriz se mudou para Londres
Meghan e Amal Clooney se conheceram nos EUA e se aproximaram quando a atriz se mudou para Londres - Reprodução

São Paulo

Embora os EUA e Londres dividam a mesma língua, muitos costumes são diferentes. A nova integrante da realeza, Meghan Markle, 36, duquesa de Sussex, pode ter encontrado algumas dificuldades com a mudança de país, que aconteceu desde seu noivado com príncipe Harry, em novembro de 2017.

Casada com Harry desde 19 de maio, Meghan precisou se acostumar com não só com a realeza mas também com a cultura britânica —foi então que surgiu a amizade com Amal Clooney, 40, advogada de direitos humanos da ONU e mulher do ator George Clooney.

 As duas se conheceram enquanto Meghan ainda atuava em Suits e foram apresentadas por um amigo em comum. Segundo o site People, elas se aproximaram ainda mais depois que a atriz se mudou para Londres. A família Clooney, inclusive, esteve presente no casamento real, entre outras celebridades.

"Amal tem ajudado Meghan a se acostumar com a vida londrina", disse uma fonte próxima à advogada em entrevista ao portal, "foi uma amizade muito natural desde o primeiro momento". 

A advogada, que se tornou mãe de gêmeos em junho de 2017, nasceu no Líbano e se formou em Oxford, na Inglaterra. Depois, se mudou para os EUA para fazer seu mestrado, na Escola de Direito de Nova York. Ela e o marido viajam muito, mas procuram passar a maior parte do tempo em sua propriedade no Lago Como, na Itália. 

"Eles vão ficar o máximo de tempo que conseguirem na casa do lago. Eles adoram aquele lugar!", disse a fonte. "Eles estão ind o e voltando entre os EUA e a Europa, mas tudo se concentra no lago de Como." 

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem