Celebridades

Serena Williams diz que 'quase morreu' após dar à luz

Tenista conta que passou por cirurgia de emergência depois do parto 

Serena Williams e a filha, Alexis Olympia
Serena Williams e a filha, Alexis Olympia - Reprodução Instagram

São Paulo

A tenista Serena Williams, 36, disse que passou por uma cirurgia logo após o nascimento de sua filha, Alexis Olympia, em 1º setembro de 2017. Depois da cesariana emergencial, indicada devido à queda dos batimentos cardíacos da bebê, Williams passou por uma série de complicações e problemas de saúde.

"Começou com embolia pulmonar, uma doença na qual uma ou mais artérias do pulmão ficam bloqueadas por um coágulo de sangue", disse ela, em artigo publicado na "CNN". Ela relata que, dado o seu histórico com a doença, não demorou em avisar os médicos que estava com falta de ar.

"Isso provocou uma série de complicações que tive sorte de sobreviver", acrescentou. Seus pontos da cesária abriram com a tosse forte, o que requereu outra cirurgia. Foi então que os médicos encontraram outro coágulo em seu abdômen. 

No artigo publicado no site americano, intitulado "What my life-threatening experience taught me about giving birth" ("O que a minha experiência correndo risco de morte me ensinou sobre dar à luz", em tradução livre), Serena relata as cirurgias que passou. 

"Eu voltei para a sala de cirurgia para realizar um procedimento que impediria esses coágulos de chegarem aos pulmões novamente. Quando eu finalmente fui para casa com a minha família, precisei passar as primeiras seis semanas como mãe na cama", descreveu ela.

"Eu sou muito grata por ter tido acesso a uma incrível equipe médica de médicos e enfermeiras em um hospital com equipamentos de alta tecnologia. Eles souberam exatamente como lidar com essa sequência de eventos complicada", disse. 

Williams reforça que essa foi a realidade que ela encontrou —muito diferente da realidade de outras mulheres negras ao redor do mundo. A tenista recorre a dados da Unicef, fundo das Nações Unidas para a infância, para demonstrar sua preocupação. 

"A cada ano 2,6 milhões de recém-nascidos morrem, tragicamente, antes que suas vidas realmente comecem. Mais de 80% morrem de causas que podem ser prevenidas", escreve ela. "Ainda não estamos fazendo nossa parte. Não estamos aceitando o desafio de ajudar essas mulheres ao redor do mundo."

FELIZES

Já com a bebê nos colos e recuperada das complicações pós-parto, Serena Williams se casou com o empresário cofundador da rede social Reddit  Alexis  Ohanian, 34, em novembro de 2017. Ohanian é também o pai da pequena Alexis, que ganhou o nome em sua homenagem. 

A festa ocorreu em Nova Orleans, nos EUA. Serena usou três tipos de vestidos: um assinado pela estilista Sarah Burton, que acompanhava uma capa bordada com cristais para a cerimônia religiosa; e outro da grife Versace que, primeiramente longo, depois se transformou em uma peça curta, acima dos joelhos.

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem